Notícias | Policiais
Perícia em carro de professor morto em Varginha tenta identificar suspeitos do crime; notebook também foi encontrado
Iago Almeida / Varginha Online | 20/10/2021 - 10:49:40
(Foto: Equipe Positiva)

A Polícia Civil iniciou o inquérito para tentar identificar e encontrar o suspeito de ter matado o professor José Wilton de Andrade Júnior, em Varginha, na última segunda-feira (18). O carro da vítima, que havia sido levado na ação criminosa, foi encontrado nesta terça-feira (19), na zona rural de Três Pontas, abandonado em um cafezal.

O veículo foi encontrado após um proprietário de uma fazenda denunciar à Delegacia de Varginha que havia um carro abandonado no local, que foi encontrado por trabalhadores rurais. O carro estava com a chave dentro e a cerca de 2 km de Três Pontas, sentido Campos Gerais.

Carro periciado

Com o carro encontrado, a Perícia da Polícia Civil fez um trabalho minucioso dentro do veículo, para tentar identificar o suspeito que teria levado o automóvel. No veículo foram encontrados um par de chinelos (que estava no chão junto ao banco do motorista), material de trabalho do professor, peças de roupas e capas dos bancos. 
A Perícia realizou o swab, que é um procedimento usando um cotonete, onde é possível identificar as células das mãos. Ele foi feito na direção, no câmbio e no freio de mão e em outras partes do veículo, que possam ter sido tocados por quem esteve dentro do carro. As investigações continuam. 

Notebook encontrado

Além disso, a Polícia Civil também chegou até o notebook da vítima, que também havia sido levado. O aparelho estava sendo vendido nas redes sociais (Facebook) e foi encontrado por investigadores; o rapaz que comprou o aparelho prestou depoimento e deu informações importantes que fortaleceram a suspeita da polícia. 

Caso repercutiu na região

Devido a brutalidade do crime, o caso repercutiu em toda região. O professor lecionava Ensino Religioso na Escola Municipal São José e na Escola Polivalente. Ele foi encontrado morto, com perfurações de facadas em várias partes do corpo, na noite da última segunda-feira (18), na casa onde morava, no bairro Bom Pastor. 
A Polícia trabalha com suspeita de latrocínio, roubo seguido de morte. A vítima levou diversas facadas no peito, barriga, costas, mãos e braços; o corpo foi encontrado caído na sala. Marcas de sangue foram encontradas na parede da sala, no chão da cozinha, no escritório e no banheiro. Duas facas que teriam sido usadas foram encontradas no quarto de José Wilton.
O professor morava sozinho e tinha apenas a companhia de animais de estimação. No imóvel não havia nenhum sinal de arrombamento ou sinais de que alguém teria invadido a casa, o que intriga os policiais. 
Um vizinho da vítima contou, em entrevista à TV Alterosa, que no sábado (16), José Wilton estava ouvindo música sertaneja e que estranhou, afirmando que ele não era fã do estilo musical e suspeitaram que ele estivesse acompanhado, mas que não desconfiaram de nada. Depois, o vizinho afirmou que no domingo não se ouviu mais nenhum barulho na casa.
Com informações de Equipe Positiva
 

Siga o Varginha Online no Facebook, Twitter e no Instagram.

Receba gratuitamente nossas notícias no seu celular, escolha o aplicativo de sua preferência:

 
Últimas Notícias

Comente a Notícia!

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Expediente | Privacidade | Entre em Contato | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2021 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)