Notícias | Geral
Com assessoria | 04/08/2020 - 09:58:37
Entenda a divisão por ondas nas novas regras do Minas Consciente
Foto: Divulgação
(Foto: Divulgação )
Municípios devem seguir três etapas de retomada responsável da economia, sempre com a preservação da saúde em primeiro lugar
 
A revisão do plano Minas Consciente, que prevê a retomada segura e responsável da economia, busca simplificar as orientações do Estado e adequá-las à realidade dos municípios. Para isso, o Governo de Minas reorganizou a divisão em ondas, que mostra qual o momento indicado para a abertura de cada tipo de comércio e de atividade econômica.
 
Com as novas regras, o plano Minas Consciente passa a ter três ondas: 
 
Onda 1 - vermelha - serviços essenciais
 
Onda 2 - amarela - serviços não essenciais
 
Onda 3 - verde - serviços não essenciais com alto índice de contágio por covid-19
 
A divisão funciona de forma semelhante a um semáforo, como explica o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Fernando Passalio. “Temos que pensar como um sinal de trânsito: a onda vermelha é a mais restritiva, é o “pare”, com abertura de menos setores. A amarela é a intermediária, em que começamos a incluir setores como vestuário, salões de beleza, lojas de variedades e de departamentos. Por último, temos a onda verde, que seria o “siga”, com ampliação dos setores que podem funcionar”, afirma. 
 
As mudanças passam a valer a partir desta quinta-feira (6/8). Na ocasião, o Comitê Extraordinário Covid-19 divulgará o detalhamento das ondas a serem seguidas por cada microrregião.
 
Evolução
 
Para evoluir da onda vermelha para a amarela, o município deve cumprir as restrições da primeira fase por sete dias. Em seguida, para passar para a verde, é preciso esperar 28 dias. 
 
É importante lembrar que, a qualquer momento, as cidades podem ser obrigadas a retroceder de onda, caso os dados epidemiológicos mostrem avanço descontrolado da doença. 
 
As novas regras para o Minas Consciente mantêm o mesmo rigor com relação à retomada da economia, como destaca Passalio. “Em momento algum o novo plano fala de flexibilizar o isolamento. Na verdade, ele é uma forma de isolamento responsável para quem quer preservar empregos, preservar a economia, mas, acima de tudo, preservar a vida das pessoas”, frisa. 
 
Municípios de menor porte
 
Uma novidade na revisão do plano são as regras específicas para municípios com população menor ou igual a 30 mil pessoas. As cidades que se enquadram nesse critério e que registraram menos de 50 casos de covid-19 para cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, estão autorizadas a ir direto para a onda intermediária (amarela).
 
Segundo Passalio há, atualmente, cerca de 300 municípios mineiros nessa categoria.
 
Ondas
 
Veja, a seguir, exemplos de atividades que estão incluídas em cada uma das três etapas do plano Minas Consciente: 
 
Onda 1 - vermelha - serviços essenciais
 
- Supermercados, padarias, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência
 
- Bares (somente para delivery ou retirada no balcão) 
 
- Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros
 
- Serviços de ambulantes de alimentação
 
- Farmácias, drogarias, lojas de cosméticos, lavanderias, pet shop
 
- Bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito
 
- Vigilância e segurança privada
 
- Serviços de reparo e manutenção
 
- Lojas de informática e aparelhos de comunicação
 
- Hotéis, motéis, campings, alojamentos e pensões
 
- Construção civil e obras de infraestrutura
 
- Comércio de veículos, peças e acessórios automotores
 
Onda 2 - amarela - serviços não essenciais
 
- Bares (consumo no local)
 
- Autoescola e cursos de pilotagem
 
- Salão de beleza e atividades de estética 
 
- Comércio de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo
 
- Papelaria, lojas de livros, discos e revistas, 
 
- Lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados, e artigos de viagem
 
- Comércio de itens de cama, mesa e banho
 
- Lojas de móveis e lustres
 
- Imobiliárias
 
- Lojas de departamento e duty free
 
- Lojas de brinquedos
 
Onda 3 - verde - serviços não essenciais com alto índice de contágio
 
- Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo
 
- Academias e demais atividades de condicionamento físico 
 
- Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos
 
- Parques, zoológicos e jardins
 
- Clubes
 
- Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê
 
- Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca
 
- Bares com entretenimento (shows e espetáculos)
 
- Serviços de colocação de piercings e tatuagens

 

 

Siga o Varginha Online no Facebook, Twitter.

 

Comente a Notícia!

Últimas Notícias
Policial - 21/09/2020
Na última sexta-feira (18), teve início a Semana Nacional do Trânsito em todo o país, que segue até esta sexta-feira (25).
Policial - 21/09/2020
Uma residência do bairro Parque Imperial foi furtada durante o final de semana, em Varginha.
Opinião - 21/09/2020
Saudando a entrada da primavera e o dia da árvore, hoje, 21, façamos uma reflexão sobre a importância do verde em nossas vidas, sobretudo neste momento em que tantas queimadas são registradas, sufocando nossos pulmões.
Combate ao Aedes Aegypti - 21/09/2020
Os bairros Cidade Nova, Parque das Acácias, Jardim Colonial e Jardim Itália receberão o Mutirão de Limpeza contra a Dengue nesta quarta-feira (23).
Boletim do coronavírus - 21/09/2020
De acordo com o boletim epidemiológico, Varginha registrou 3 novos casos de Covid-19 nesta segunda-feira (21).
Geral - 21/09/2020
A 99, a 99Food e o Sebrae apresentam os protocolos de retomada no segmento de Logística e Transporte, com foco nos motoristas e entregadores parceiros, produzidos em uma colaboração exclusiva
Pico do Gavião - 21/09/2020
Mais de 20 militares de Poços de Caldas e Belo Horizonte participaram do combate às chamas no Pico do Gavião, em Andradas.
Cidades - 21/09/2020
Depois de registrar quedas na intenção de compras durante quatro meses consecutivos devido a pandemia, o comércio de Varginha volta a crescer e apresentar números positivos.
Geral - 21/09/2020
Até o fim deste ano, a Cemig vai visitar cerca de 700 mil unidades consumidoras e substituir quase 300 mil medidores de energia antigos por equipamentos mais modernos.
Minas - 21/09/2020
Foi publicado na última sexta-feira (18), no Diário Oficial do Estado, o decreto do governador Romeu Zema que mantém até o dia 31 de dezembro de 2020 o estado de calamidade pública decorrente da pandemia de Covid-19 em todo o território mineiro.
Geral - 21/09/2020
No primeiro semestre de 2020, Minas Gerais foi o estado que mais indenizou pedestres vítimas de acidentes de trânsito.
Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)