Coluna | Viver Consciente
Willes S. Geaquinto
Psicoterapeuta Holístico, Consultor e Palestrante Motivacional, Escritor - Autor dos livros "Cidadania, O Direito de Ser Feliz” e Autoestima – Afetividade e Transformação Existencial

Interatividade: Os textos desta coluna expressam apenas a opinião do autor sobre os assuntos tratados, caso o leitor discorde de algum ponto ou, até mesmo, queira propor algum tema para futura reflexão, fique a vontade para comentar ou fazer a sua sugestão.

Site: www.viverconsciente.com.br
Mudar só depende de Você! I
18/03/2020
Enquanto você continuar dizendo para si próprio ou para os outros que mudar é difícil, com certeza será difícil ou, até mesmo, impossível. Porque ao registrar em sua mente a crença na dificuldade, você decreta seu próprio limite ou incompetência para realizar seja lá o que for de melhor por si.

Pense: Quantas oportunidades de realização ou de ser feliz você já desperdiçou pelo simples fato de crer na dificuldade? Confesso que eu mesmo já perdi muitas delas, até o momento em que passei a acreditar que mudar seria trabalhoso, porém fácil, desde que eu não me deixasse levar por crenças negativas, principalmente a cerca de mim mesmo.

E sabe onde principia o desenvolvimento da crença na dificuldade? Desde a sua infância.

Quando na família, na escola ou no meio social que frequenta você começa receber desqualificações de todos os gêneros que alimentam preconceitos a seu próprio respeito. Isso, além das crenças negativas que você mesmo foi criando no decorrer da sua existência. E não é só a crença na dificuldade, é também um conjunto de sentenças depreciativas que vão formar um sistema de crenças limitadoras que, por fim, poderá aprisioná-lo e servir-lhe de roteiro para sua infelicidade, caso você, em algum momento, não venha a confrontá-lo e mudar.

A princípio, o que posso adiantar-lhe é que se você deseja sinceramente mudar, necessita urgentemente de identificar quais são as crenças negativas que o impedem de progredir em sua

busca por uma vida mais harmoniosa e saudável. Não tenha medo de fazer essa profunda reflexão, dê-se tempo para fazê-la. Interiorize o mais que puder a sua busca, o conhecimento de si próprio. O medo da mudança, por exemplo, pode ser uma crença enraizada em seu interior há muito tempo; talvez já tenham lhe dito que é melhor deixar tudo como está, que um dia tudo muda sozinho, ou que a vida é assim mesmo, que uns nascem para sofrer...

Pense em que você acredita: Será que você acredita em seu valor pessoal e na sua competência em mudar as coisas? Será que você acredita em sua capacidade de realização, ou alguém já lhe disse que você não tem jeito e você acreditou? Será que você acredita na alegria, ou já lhe disseram que a tristeza faz parte da vida? Será que você acredita no amor, ou fizeram- lhe crer que ele é apenas fantasia que só traz sofrimento? Será que você acredita nas pessoas, ou crê que não se pode confiar em ninguém? Será que você acredita na felicidade, ou crê que ela é inatingível?

Acredite: quanto mais você souber das crenças que dirigem sua vida, mais fácil será sua mudança, pois não há nada que não possa ser transformado. Só depende de você!

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
24/06/2020 | Os frutos da mudança
18/06/2020 | Fuja da preguiça
« ver todos
 
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)