Coluna | Cidadania Reativa
Willes Silva Geaquinto
Psicoterapeuta Holístico, Consultor e Palestrante Motivacional, Escritor - Autor dos livros "Cidadania, O Direito de Ser Feliz” e Autoestima – Afetividade e Transformação Existencial

Interatividade: Os textos desta coluna expressam apenas a opinião do autor sobre os assuntos tratados, caso o leitor discorde de algum ponto ou, até mesmo, queira propor algum tema para futura reflexão, fique a vontade para comentar ou fazer a sua sugestão.

Site: www.viverconsciente.com.br
Conversa Mole
07/03/2010
Minha sábia avó quando não se sentia convencida com a explicação ou justificativa de alguém, costumava dizer que aquilo não passava de “conversa mole pra boi dormir”. Pois bem, é assim que tem sido nos últimos tempos em Varginha: mandatários e seus comandados vivem a desfiar um rosário de conversa mole para tentar nos convencer de que os problemas na administração da cidade não são da responsabilidade deles. Às vezes, não sei bem se seria essa a intenção, parece até que eles imaginam os munícipes cidadãos como um bando de desinformados ou míopes que acreditam em tudo o que eles dizem. Em certos casos suas falas soam tão disparatadas e esdrúxulas que não sabemos o que é real ou imaginário, se é para rir ou confundir. A realidade é que enquanto esse blá, blá, blá vai se arrastando a cidade vai ficando cada vez mais entregue à sua própria sorte, ou azar!

Uma mostra disso está espelhada na mais recente entrevista do gestor da Secretaria de Obras(?), onde conclusivamente ele acabou por responsabilizar as próprias ruas e os cidadãos pelos buracos nas ruas, só faltou culpar os matos das praças por terem crescido em local inadequado. A certa altura da citada entrevista, disse ele que solucionar o desgaste asfáltico(nome pomposo dado aos buracos) não é algo fácil e rápido de se resolver: “ esse serviço não pode ser tratado como um apaga fogo. Ele exige um certo cuidado e estudo, fazemos os reparos a medida do possível”. Note-se que ele referiu-se justamente ao que não está sendo feito, pois, os buracos, na maioria das vezes, são tapados açodadamente sem preparo nenhum e logo estão abertos novamente. Sobre o tempo, a buraqueira já dura mais de ano sem solução. E não é só isso, a fiscalização também não funciona, pois, se funcionasse não teria tanta gente mal educada fazendo massa e concreto nos leitos das ruas, ou jogando lixo incessantemente nas beiras de rodovia e terrenos baldios, inclusive. Além do mais, vale destacar que do modo como tem sido feito atualmente o serviço de tapa-buracos, ele é altamente poluente, uma vez que todo o asfalto que se desprende dos reparos inevitavelmente vai parar nos bueiros e daí no leito de rios e ribeirões.

Conversa mole à parte, por detrás de toda essa verborragia gratuita, o que muita gente já percebeu, mas, não tem coragem de falar publicamente, é que a “república dos amigos” não está funcionando: falta comando, falta quem mande fazer e quem tenha competência para realizar; falta coragem para mudar. A questão da Secretaria de Obras(?) é só a ponte do iceberg, em alguns outros tantos setores também impera o amadorismo anacrônico que emperra o desenvolvimento da cidade. Aliás, como disse um bem humorado leitor, ao referir-se à falta de eficiência da administração municipal, “Varginha é o único lugar que em time que está perdendo não se mexe”. Isso me fez lembrar também que o setor de trânsito, departamento integrante da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos(SOSUB), que também tem sido alvo de sérios questionamentos, vem sendo comandado há décadas pelo mesmo pessoal e nesse tempo nada de tão inovador foi criado. Fala-se, contudo, de um grande estudo que foi feito para encontrar soluções para o trânsito, é esperar para conferir.

Mudando de assunto. No artigo anterior quando, em passant, me referi a questão do serviço de caçambas, o fiz por que a fiscalização em relação a esse serviço é praticamente inexistente, uma vez que o que se vê pelas vias da cidade são caçambas sem a correta sinalização e o transporte de lixo misturado aos entulhos. Ambas as ocorrências ferem a lei que regulamenta o referido serviço.

Até breve.

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
« ver todos
 
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)