Notícias | Economia
Associação de Motoristas por Aplicativo de Varginha colhe assinaturas para protocolar documento no MP
Iago Almeida / Varginha Online | 25/02/2021 - 14:56:00
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
(Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A Amap - Associação de Motoristas por Aplicativo, de Varginha, está colhendo assinaturas em um manifesto de repúdio contra os aumentos abusivos no preço de combustíveis. De acordo com a associação, o documento será protocolado no Ministério Público assim que tiver com um bom número de assinaturas.

 
No documento, assinado pelo presidente da associação, Marcelo Henrique Gonçalves, a Amap afirma que a ação se deve pois, segundo a Constituição Federal de 1988, o Ministério Público é o órgão responsável pela fiscalização e proteção em defesa do consumidor e direito coletivo. 
 
"Sendo assim, solicitamos ao Ministério Público providências por uma questão de segurança, econômica dos profissionais, proteção e coletividade ao consumidor, que verifique através dos postos de gasolina da cidade de Varginha, fiscalizando os aumentos de preços do combustível, especialmente o álcool", afirma o documento.
 
Aumentos
 
Desde o início do ano, a Petrobras fez sucessivos reajustes de preços de combustíveis. No último, anunciado na quinta-feira (18), o preço médio de venda de gasolina nas refinarias da estatal passou a ser R$ 2,48 por litro, um aumento médio de R$ 0,23 por litro, enquanto o preço médio do diesel foi para R$ 2,58 por litro, R$ 0,34 mais caro. 
 
Com mais esse reajuste, o diesel e a gasolina já acumulam alta de, respectivamente, 27,5% e 34,8% em 2021. Essa foi a quarta alta do ano nos preços da gasolina e a terceira no diesel. 
 
Desconsiderando o apelo feito pelo Minaspetro no início dessa semana, em carta enviada ao governador pedindo congelamento emergencial do PMPF dos combustíveis, o Governo de Minas Gerais resolveu aumentar mais uma vez o ICMS cobrado sobre o litro dos combustíveis no estado. 
 
A mudança será válida a partir do dia 1º de março de 2021, conforme publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (25), por meio do Ato Cotepe/PMPF nº 06/2021. Confira os novos valores clicando aqui.
 
O que dizem as autoridades?
 
O presidente Jair Bolsonaro não sinalizou uma mudança oficial na política de preços da Petrobras, mas começou a falar sobre alterar a estrutura de tributação do setor para atenuar os preços. Em live, na última quinta-feira (18), o presidente afirmou que irá zerar por dois meses, a partir de 1º de março, os impostos federais no diesel. Atualmente, 9% do que incide nesse combustível equivale a recolhimentos da Cide, PIS e Cofins.
 
Os secretários estaduais de Fazenda criticaram a proposta do governo, afirmando que o aumento do preço dos combustíveis não tem relação com a política tributária dos Estados, e ainda culparam a Petrobras pela escalada no preço do diesel.
 
Depois de criticar a Petrobras, chamando de “excessivos” e “fora da curva” o quarto aumento nos combustíveis, Bolsonaro anunciou na sexta-feira (19) a substituição do atual presidente da companhia, Roberto Castello Branco, pelo general Joaquim Silva e Luna. A troca ainda precisa ser conformada pelo Conselho de Administração da empresa.
 
Por que do aumento?
 
A Petrobras orienta sua política de preços pelo Preço de Paridade Internacional (PPI). Sendo assim, os preços dos combustíveis praticados nas refinarias são reajustados conforme a cotação de barril de petróleo, negociado em dólar, e a taxa de câmbio. 
 
O petróleo é a matéria-prima dos combustíveis e costuma ser usado como referência na formação dos preços dos seus derivados, como a gasolina e o diesel. Dessa forma, quando a cotação do petróleo sobe nas principais bolsas de valores do mundo, a Petrobras também revisa seus valores no Brasil.
 

Siga o Varginha Online no Facebook, Twitter e no Instagram.

Receba gratuitamente nossas notícias no seu celular, escolha o aplicativo de sua preferência:

 

Comente a Notícia!

Últimas Notícias
Post patrocinado - 16/04/2021
Ofertas válidas até 19 de abril ou até durarem os estoques.
Economia - 16/04/2021
A Petrobras anunciou ontem (15) aumentos de R$ 0,10 (3,7%) no preço do diesel e de R$ 0,05 (1,9%) no da gasolina.
Operações nesta quarta-feira - 16/04/2021
A quarta-feira (14) foi marcada por grande quantidade de drogas apreendidas na região.
Boletim do coronavírus - 15/04/2021
Nesta quinta-feira (15), Varginha confirmou 30 novos casos de Covid-19.
Educação - 15/04/2021
Durante o mês de abril, os estudantes da Rede Municipal de Varginha estão recebendo kits com materiais escolares, que estão sendo disponibilizados nas instituições municipais de ensino.
Nesta quarta-feira - 15/04/2021
"Depois de muita espera chegou a minha vez". Foi com essas palavras que o prefeito de Varginha, Vérdi Lúcio Melo (Avante) comemorou sua imunização contra a Covid-19.
Falta fiscalização da prefeitura - 15/04/2021
O transporte coletivo de Varginha continua gerado diversas discussões e reclamações entre os usuários e munícipes.
Menor comercializava drogas - 15/04/2021
Populares e policiais militares se envolveram em uma confusão na noite desta quarta-feira (14), em Pouso Alegre. Isso aconteceu enquanto a PM realizava a apreensão de uma adolescente, de 16 anos, por volta das 21h, pelo crime de tráfico de drogas.
Snaptube APK - 15/04/2021
Hoje em dia é fácil escutar suas músicas off-line com um serviço de streaming como Spotify e Youtube Music, que, apesar de pagos, dão ao usuário acesso a milhares de artistas e álbuns.
Policial - 15/04/2021
Na tarde desta quarta-feira (14), a Polícia Civil encontrou uma moto em Elói Mendes, que havia sido furtada em Varginha, no dia 1º de abril.
Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Expediente | Privacidade | Entre em Contato | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2021 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)