Coluna | BRASILzão
Diego Gazola / Fábio Brito
Diego Gazola,(MTB-SP-44.350), é repórter-fotográfico.Graduado em Comunicação Social pela UMESP-SP, tem se especializado em fotojornalismo de viagens. Em cinco anos, já percorreu mais de um mil municípios em todo o Brasil para avaliação dos atrativos e documentação fotográfica dos Guias Turístico-Culturais da editora Empresa das Artes.As fotografias de Brasilzão são de sua autoria.
diegogazola@uol.com.br

Fábio Brito. Presidente da Empresa das Artes, editora com mais de 160 obras publicadas nos segmentos de turismo, meio-ambiente e cultura; de guias de viagem a livros de arte. Os textos de Brasilzão são de sua autoria.
fabiobritocritica@yahoo.com.br
O Brasil Chinês em São Paulo
15/02/2008

Produtos que lembram a presença chinesa em São Paulo

Brasil – Um país multicultural

O Ano do Rato promete um período de abundância

Comemoração do Ano Chinês em São Paulo

- Que calor, cara! Isto aqui está uma África! Um Saara!

- Sim, meu amigo! Morar em São Paulo às vezes é uma dádiva, às vezes é um presente de grego...


O Ano Novo Chinês foi comemorado nos dias 26 e 27 de janeiro

- Presente de grego? Viver nessa megalópole é um negócio da China, isto sim!

- Como assim?! Quer dizer que é coisa de Primeiro Mundo?

- Chega de brincadeira. Vou te propor algo realmente asiático na capital paulista.

- Estou curioso!

- A comemoração em São Paulo da entrada do Ano Novo Chinês ocorreu nos dias 26 e 27 de janeiro último, no bairro da Liberdade.


Manifestações folclóricas

- Conte-me, então. Sempre tive uma secreta admiração por essa cultura...

- Este foi o início do ano do Rato, agora em 2008. Dizem que as pessoas que nascem nesse período são afáveis e amam com felicidade, embora sejam tenazes ao lutar pelos seus objetivos na vida.


Adaptações na culinária para agradar a todos

- São ciclos de 12 anos em que cada ano recebe o nome de um animal, não é mesmo?


Monstros, leques e o vermelho são símbolos da Civilização Chinesa

- Isto mesmo! Estamos entrando no ano do Rato, depois teremos o do Boi, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Carneiro, Macaco, Galo, Cão e Porco... E aí começa tudo de novo...

- Como eles festejam? É como o nosso reveillon?

- Em geral, a comilança é enorme! A mesa, sempre farta, comporta frutos do mar, carne de pato, muitos legumes e a bebida corre solta.

- Imagino que tomem muito chá, um hábito milenar no oriente, não é?

- Sim, é! Dizem que o ancião, que representa a família, oferece às crianças um envelope vermelho com dinheiro, porém só pode ser aberto no dia seguinte, certamente por se tratar de algo secreto.

- Eles ficam comendo o dia todo?


O Prefeito de São Paulo homenageia o Ano Novo Chinês

- Não. A ceia inicia à meia noite e, no dia seguinte, primeiro do ano novo, é para a confraternização entre os vizinhos.

- Soube que montaram um palco na Praça da Liberdade e que as manifestações são múltiplas e belas.

- A revoada de balões, logo no início do cerimonial, impressiona! Então, depois, opera-se o milagre: ocorrem os cultos das igrejas católica e protestante, seguidos pelo do budismo. Após a passagem do dragão, a festa continua encantando a todos com os seus momentos especiais: música instrumental, coral com violão e flauta, música chinesa, apresentação de Kung Fu, dança com leque... além das homenagens prestadas aos japoneses pelos 100 anos de imigração para o Brasil, com danças folclóricas e até um belíssimo desfile de roupas típicas, antes da contagem regressiva que só termina no final do dia, quando ocorre a passagem do ano.


Para a alegria de todos, um pouquinho da cultura chinesa

- Pois é! Soube que houve até um pouquinho de música sertaneja. Ou seja, este é, de fato, um país multicultural, terra de todas as nações, abrigo para todos os povos.

- Exatamente! São festas como esta que tornam o Brasil um país único!

- Que delícia! Valeu essa nossa conversa!

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
28/09/2009 | Brasil. Vai Brasil!!!
28/09/2009 | Embu das Artes
« ver todos
 
Colunistas

SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco