Coluna | INSS & Você
INSS
Este espaço é para falar de assuntos relativos à Previdência Social. Aqui, vamos informar sobre os benefícios previdenciários disponíveis à população, assim como a importância de se filiar ao Regime Geral de Previdência Social e manter suas contribuições em dia.
Prova de vida: Segurados que ainda não fizeram prova de vida não terão benefício suspenso até 30 de novembro
23/10/2020

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que ainda não fizeram a prova de vida entre março e outubro deste ano não terão seus benefícios bloqueados até 30 de novembro. A prorrogação do prazo está na Portaria 1.053, publicada no Diário Oficial da União (DOU), do último dia 15.

É importante destacar que essa prorrogação não significa que os segurados estão liberados da realização da prova de vida. Na realidade, o procedimento de comprovação de vida continua sendo realizado pela rede bancária. O que foi prorrogada é a suspensão do pagamento dos segurados que já deveriam ter feito a prova de vida e ainda não fizeram.

A comprovação é um procedimento rotineiro, que deve ser realizado anualmente pelo segurado do INSS, na agência bancária onde recebe seu benefício. A orientação é que verifiquem junto às suas instituições bancárias como está sendo realizada a prova de vida, já que cada banco decide como realizar esse procedimento. Algumas instituições utilizam a data do aniversário do beneficiário, outras utilizam a data de aniversário do benefício, assim como há as que convocam o segurado na competência que antecede o vencimento da fé de vida.

Onde ir - Basta ir diretamente ao banco em que recebe o benefício e apresentar um documento de identificação com foto (Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho, Carteira Nacional de Habilitação, entre outros). Algumas instituições financeiras já utilizam a tecnologia de biometria nos terminais de autoatendimento.

O beneficiário que não puder ir à agência bancária por motivo de doença ou dificuldade de locomoção pode realizar a comprovação de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS.

Em caso de dúvida, ligue para a Central 135, que funciona de segunda a sábado, de 7h às 22h (o melhor horário para ligar é após às 18h e aos sábados). Ou acesse o site www.inss.gov.br.

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
« ver todos
 
Colunistas

SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco