Coluna | Viver Consciente
Willes S. Geaquinto
Psicoterapeuta Holístico, Consultor e Palestrante Motivacional, Escritor - Autor dos livros "Cidadania, O Direito de Ser Feliz” e Autoestima – Afetividade e Transformação Existencial

Interatividade: Os textos desta coluna expressam apenas a opinião do autor sobre os assuntos tratados, caso o leitor discorde de algum ponto ou, até mesmo, queira propor algum tema para futura reflexão, fique a vontade para comentar ou fazer a sua sugestão.

Site: www.viverconsciente.com.br
A boa competição
06/05/2020
Talvez por declarada incompetência, por algum desvio de caráter mais profundo ou simplesmente por medo, existem pessoas que se sentem desconfortáveis ou ameaçadas quando percebem alguém sendo bem sucedido na vida. E isso acontece em múltiplas situações: na família, no campo profissional, no convívio social, etc. Exemplos para caracterizar esse desvio comportamental é que não faltam, basta ser um pouco observador para encontrá-los; alguns sob o ar da inveja, outros sob a vestimenta de desqualificações generalizadas a outrem. 

Denominar de medíocre ou mesquinho esse tipo de comportamento não resolve e nem muda coisa alguma, porque é necessário mudar a base errática desse tipo de atitude, dessa compreensão falha da vida que dá origem ao que chamo de “competição negativa”.

Às vezes, o que muitos banalmente chamam de inveja encobre e disfarça um sentimento íntimo de incompetência perante os obstáculos ou desafios que, naturalmente, a vida apresenta para que se possa aprender e evoluir. Por outro lado, é importante observar que, quando alguém busca desqualificar e desvalorizar o outro, seja sob qualquer pretexto, isso não resulta em ganho para quem o faz, pelo contrário, perde este a oportunidade de apresentar suas próprias qualidades, ou seja, deixa de falar bem de si mesmo para falar mal do outro. 

Compete-se positivamente a partir do momento em que se procura apenas demonstrar qualidades e competências sem desrespeitar ou denegrir os outros. O ponto de referência para que alguém se qualifique a ocupar o espaço que deseja em qualquer setor existencial, tem que ser aquilo que possuí de melhor, pois, em tudo que fizer estará expresso um conceito singular e único a respeito de si próprio. Lembrando ainda que, para ser vencedor não é necessário derrotar o outro, e sim vencer seus próprios temores. 

 

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
05/08/2020 | Viva com bom humor!
29/07/2020 | Ser alegre
« ver todos
 
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)