Coluna | Bem Viver
Rodrigo Silva Fernandes
Advogado e articulista político do Jornal Gazeta de Varginha. Escreve todas as quartas e sextas.
Responsabilidade de todos; Correndo atrás; Ganhando peso político
06/11/2019

 Cemig esclarece procedimentos de poda de árvores durante período chuvoso

Visando assegurar a qualidade do fornecimento de energia para o consumidor e garantir a segurança da população durante o período chuvoso, a Cemig intensifica as atividades de manejo de árvores junto à rede elétrica, realizando podas periódicas e supressões de árvores com risco de quedas, além de adequações na rede. O objetivo é evitar acidentes relacionados a árvores próximas à rede elétrica, que podem causar interrupções de energia. O procedimento de poda praticado pela Cemig, conhecido como “poda direcional”, é preconizado pela norma ABNT NBR 16246-1:2013, pela Sociedade Interna cional de Arboricultura (ISA). Na poda direcional, apenas os galhos que crescem em direção às redes de energia são podados. Aqueles que crescem para baixo ou para fora das linhas são deixados para continuar seu crescimento normal. Nenhum toco é deixado, pois os galhos são podados sempre no ponto onde eles alcançam outro galho – a “forquilha”. “Lesões desse tipo de corte compartimentalizam com mais facilidade, minimizando assim brotações e apodrecimentos”, explica Marina Moura de Souza, engenheira de meio ambiente da companhia. Todas as operações de poda praticadas pela Cemig são supervisionadas por um responsável técnico legalmente habilitado e devidamente registrado em conselho profissional. As esquipes de poda recebem treinamento antes de autorizadas a realizar o serviço e a Cemig acompanha e verifica a qualidade do servi&cced il;o prestado ao longo da execução dos contratos. Para qualquer tipo de intervenção nas árvores próximas às redes, a Cemig orienta o contato pelo 116 ou qualquer outro canal de comunicação oficial da empresa.

Perguntar não ofende

A lei municipal nº 2.673/95 propõe que o servidor que não faltar ao trabalho, não atrasar, não tiver condenação administrativa, terá direito a duas folgas remuneradas no ano! Será que não atrasar, faltar ao trabalho e ter bom comportamento não é obrigação?

A Câmara de Varginha poderia ser composta por homens e mulheres valorosos na cidade! Pessoas destacadas em suas áreas e capacitadas para a atuação na defesa de Varginha. O que falta para isso? Talvez humildade para se candidatarem! Não é mesmo?

Em Varginha cerca de 20% dos eleitores fizeram o recadastramento biométrico! A prova cabal que o varginhense não gosta de “meter o dedo onde precisa”! Prefere meter o dedo onde não precisa! Será que vão todos deixar tudo pra última hora mesmo, como sempre?

Responsabilidade de todos!

Os líderes partidários locais estão sedentos por lideranças locais para disputar o Legislativo, a 11 meses da eleição e nenhum partido ainda tem a chapa completa de candidatos a vereador! Será que seremos condenados a permanecer com o baixo rendimento legislativo que temos acompanhado nos últimos anos? Pouquíssimos avanços foram conquistados por esta legislatura e nada se vê de independência do nosso Legislativo municipal. Não podemos culpar os ocupantes da Câmara, afinal, foram os escolhidos pelo povo “dentre os melhores que apareceram”, não é? Então, está é a preocupação! Qual a oferta de nomes que nossa sociedade local vai oferecer para eleitor no ano que vem? Qual o comprometimento dos muitos líderes populares e de classe que vemos na cidade? Pessoas que fazem um grande papel social e de defesa da sociedade, realizam destacado trabalho empresarial, empreendedor e de geração de desenvolvimento em Varginha, porém quando se trata de “empreender no meio político, são totais analfabetos”, e deixam esta importante missão com pessoas nem sempre preparadas o suficiente! Mesmo legendas “modinhas e pujantes na iniciativa privada como o Partido Novo, estão com dificuldade em encontrar nomes para a disputa a vereador” É preciso lembrar que o analfabeto político é o pior “desentendido” que existe e pode prejudicar muito a cidade. A pena para quem não gosta e não se envolve com a política, é estar condenado a ser administrado por quem gosta e participa da política! 

Boa memória do Amigo de infância!

O presidente da Câmara de Varginha, jovem vereador Dudu Ottoni concedeu o título de Cidadão Honorário de Varginha ao presidente do Superior Tribunal de Justiça, Ministro João Otávio de Noronha. Muitos questionaram a homenagem, dizendo tratar-se de “bajulação e interesse político do vereador ou de seu restrito grupo político/familiar”, será mesmo? Não creio! Na verdade, o atual, prestigiado e poderoso presidente do Superior Tribunal de Justiça, no início de sua carreira, antes mesmo de ser empossado como juiz, atuou em Varginha por alguns poucos anos como professor da Faculdade de Direito – FADIVA e funcionário do Banco do Brasil, isso na década de 70, quando fez alguns amigos, talvez entre estes “poucos e sinceros amigos, o atual presidente da Câmara, Dudu Ottoni, que na época devia ter uns 5 anos de idade”! Vejam que maldade política com o vereador, afinal, quem ai não tem “amigo de infância”?!

Executivo entrega UBS do Jardim Colonial à população 

A prefeitura de Varginha inaugura neste sábado (9/11) a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro Jardim Colonial. A UBS recebeu o nome de Farmacêutica Bioquímica Regina Gomes Nunes da Silva. De acordo com a Prefeitura, a UBS irá oferecer diversos serviços, entre eles: ações de promoção da saúde; consultas médicas e de enfermagem; acompanhamento do pré-natal; atendimento e acompanhamento dos profissionais do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB); imunização; dispensação de medicamentos; testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites B e C; curativos, retirada de poritos, aplicação de injeções, sondagem vesical, infusão de soros endovenosos; acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança; coleta de exames de citopatológico de colo de útero (Papa Nicolau) e ofertas de mamografias. Aproximadamente 17 mil pessoas serão atendidas pela nova unidade. Os bairros que serão atendidos são: Cidade Nova, Jardim Colonial, Jardim Itália, Jardim Renata, Nossa Senhora Aparecida, Parque Imperial, Jardim das Acácias, São Francisco, São Sebastião, Jardim Simões, Jardim Panorama e Vila Monteiro. A obra foi orçada em aproximadamente R$ 1 milhão, sendo R$ 659 mil do Governo Federal, R$ 20 mil do Governo Estadual e R$ 394 mil do município. Os valores da construção mostram o papel preponderante do governo federal nesta entrega. Bem como o papel também importante dos cofres municipais, que além da grande contrapartida na construção da obra também serão responsáveis por boa parte da manutenção da UBS. A César o que é de César, parabéns aos envolvidos na importante entrega!

Correndo atrás

A iniciativa do Governo de Minas em priorizar obras para retomar o crescimento do Estado era uma iniciativa esperada, mesmo porque, não há recursos para todos os investimentos necessários. Quanto aos maiores projetos do Estado, estes já são conhecidos e já priorizados. Contudo, quando se vai para o interior de Minas, onde o governo estadual e o Partido Novo não possuem lideranças nem interlocutores de confiança, a identificação das obras e investimentos a serem priorizados tornou-se uma disputa “sangrenta” pois colocou cidades como Varginha em desfavor com outras cidades que receberam atenção do Governo de Minas e não possuem as mesmas credenciais. Exemplo disso é a duplicação da BR 491, que estava sendo duplicada no trecho entre Varginha e a Rodovia Fernão Dias, a obra parou no final da gestão Pimentel. A duplicação é fundamental para inúmeras grandes empresas e outras cidades que utilizam o trecho. O governo Zema não listou a conclusão da obra como prioritária, porém listou outras obras nada prioritárias em cidades da região. A diferença é que nas outras cidades que aparecem na lista de “prioridades do governo estadual”, há deputados atuantes e alinhados ao governo estadual, diferente de Varginha, onde o deputado estadual Cleiton Oliveira (PSB) “perdeu o gás” do início de mandato e se apagou no Legislativo mineiro. O governo municipal procurou o deputado estadual Dalmo Ribeiro (PSDB), um dos últimos “medalhões políticos do parlamento” para tentar socorrer a cidade e conseguir a retomada da obra pelo governo estadual. Dalmo Ribeiro é conhecido político do governo Antônio Silva e pode ser o “herdeiro político de Dllzon Melo” em várias cidades da região, inclusive Varginha. O secretário de governo de Varginha, Carlos Honório Ottoni já esteve em BH onde falou com o deputado estadual Dalmo Ribeiro e levou o “pedido da cidade” para concluir a duplicação da BR 491. Uma audiência pública será realizada para debater o problema e tentar concluir a obra. Cleiton Oliveira deve ficar atento e “mostrar serviço”, pois Varginha é uma cidade importante para o jogo político regional. Se o deputado novato não abrir o olho, pode perder espaço!

Ganhando peso político

Falando no “indócil” secretário de governo municipal Carlos Honório Ottoni Junior que já passou por inúmeras legendas políticas, o político agora ocupa a presidência da executiva do PTB municipal. Isso implica que, em tese, será Honorinho que vai negociar pelo PTB as articulações para as eleições de 2020. Apoiador, pelo menos por enquanto, do vice-prefeito, Vérdi Melo para a disputa de 2020, Honorinho conhece bem a política local e vem ganhando prestigio nesta gestão de Antônio Silva. Chegou no governo municipal desacreditado há 7 anos e hoje se constitui como articulador de destaque para as eleições municipais. É um dos nomes que certamente permaneceria numa eventual gestão Vérdi Melo. Só falta “combinar com os russos” para que efetivamente Vérdi venha a ser o prefeito eleito no ano que vem, o que, convenhamos, está bem difícil de acontecer! A conferir!

Colete a prova de perseguições

A Prefeitura de Varginha doou dezenas de coletes a prova de balas para a Guarda Civil Municipal. Os valor médio de cada colete é R$ 800 cada equipamento de proteção. Diversos outros bens também foram entregues à Guarda Civil Municipal como mesas, armários e estantes de escritório para equipar o departamento administrativo da instituição de segurança municipal. A violência em Varginha está aumentando em alguns tipos de crime e reduzindo em outros, com a marginalidade cada dia mais bem armada e preparada para enganar as polícias. Contudo, dentre as proteções mais necessárias na Guarda Municipal está o colete a prova de balas e talvez um colete a prova de perseguições políticas dentro da corporação, este sim seria muito útil! Talvez dentre o mobiliário utilizado alguma cadeira que identifique aqueles integrantes da tropa que ficam apenas no conforto do ar condicionado sem atuação nas ruas também fosse um bem útil na corporação! Será?

Ano novo, obra nova e promessa política recondicionada

A licitação – tomada de preço nº 009/2019 caminha lentamente para contratar uma empresa para serviços técnicos profissionais especializados na área de engenharia e arquitetura, incluindo fornecimento de mão de obra, materiais e disponibilização de equipamentos necessários para elaboração de projetos para as obras de ampliação do Hospital Bom Pastor – Hospital da Criança de Varginha. Em tese, segundo a promessa política feita pelo então candidato a prefeito Antônio Silva, que buscava a reeleição em 2016, seria construído um novo hospital para atendimento a crianças em Varginha. O sonho plantado no imaginário do eleitor rendeu milhares de votos e Antônio Silva ganhou a reeleição em 2016! Porém, na prática, o que o atual governo vai conseguir entregar é um “puxadinho” no Hospital Bom Pastor que será chamado de Hospital da Criança. A obra pode até ser “requentada” para servir de bandeira para a campanha de Vérdi Melo. Isso se a burocracia administrativa do governo permitir que as obras iniciem logo. Do contrário, a promessa feita em 2016, vai continuar apenas na promessa em 2020! Será?

 

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
« ver todos
 
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)