Coluna | Viver Consciente
Willes S. Geaquinto
Psicoterapeuta Holístico, Consultor e Palestrante Motivacional, Escritor - Autor dos livros "Cidadania, O Direito de Ser Feliz” e Autoestima – Afetividade e Transformação Existencial

Interatividade: Os textos desta coluna expressam apenas a opinião do autor sobre os assuntos tratados, caso o leitor discorde de algum ponto ou, até mesmo, queira propor algum tema para futura reflexão, fique a vontade para comentar ou fazer a sua sugestão.

Site: www.viverconsciente.com.br
Autoestima e consciência II
05/06/2019
É importante ter a compreensão apurada de que se você quer transformar-se existencialmente, crescer e sentir-se qualificado para enfrentar com pertinácia os desafios que a vida lhe impõe, antes é necessário saber o que deve fazer. Será que apenas mudar seu pensamento vai ajudar? Dizem que o pensamento positivo ajuda muito. Porém, a melhor escolha é desenvolver a habilidade consciente e prática de optar pelo melhor caminho a seguir, pela melhor decisão a tomar, pela melhor postura a ser adotada diante de cada circunstância. E para auxiliá-lo nessa tarefa, eis alguns exemplos básicos de diferenciação entre viver conscientemente ou inconscientemente, inspirado em observações próprias e estudos de Nathaniel Branden:

•Pensar, mesmo quando é difícil fazê-lo, versus não pensar;

•Aprimorar a consciência, mesmo quando isso é um desafio, versus manter-se inconsciente;

•Razão versus irracionalidade;

•Clareza versus obscuridade e imprecisão;

•Respeito pela realidade, mesmo que ela seja dolorosa, versus fuga da realidade;

•Respeito pela verdade, versus rejeição da verdade;

•Autonomia, versus dependência ou submissão;

•Coragem de assumir riscos, mesmo perante o medo, versus acomodamento;

•Honestidade versus desonestidade;

•Viver no presente e ser responsável por ele, versus viver no passado ou fugir para fantasias ou devaneios no futuro;

•Autenticidade, versus disfarces ou representações;

•Vontade de ver e corrigir erros, versus, inflexibilidade ou permanência no erro; 

•Autovalorização, versus, sentimentos de inferioridade, etc.

Vale lembrar que, quando você opta por viver consciente traz à luz tudo aquilo que afeta seus sentimentos, emoções, atitudes, desejos, escolhas, valores e metas. Em sendo assim, para obter da vida um maior grau de satisfação é necessário investir em seu autoconhecimento, tendo, entre outros objetivos, o de equilibrar e realçar o valor da que destina a si mesmo. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)