Coluna | Fatos e Versões
Rodrigo Silva Fernandes
Advogado e articulista político do Jornal Gazeta de Varginha. Escreve todas as quartas e sextas.
O doce do Poder; Unis entre os melhores do Brasil; Parcerias e contra-partida
18/01/2019

O doce do Poder

O jovem vereador Dudu Ottoni começa a ver a diferença entre ser vereador e ser o presidente da Câmara de Vereadores de Varginha. Na semana que passou, vários dos pedidos feitos pelo vereador foram atendidos pelo Executivo, que realizou obras na Vila Registânea e região, locais onde Dudu Ottoni conseguiu boa votação. Na verdade, os pedidos do vereador foram justos e merecidos, igualmente o da maioria dos vereadores, todavia, após assumir o controle do Legislativo, os pedidos do “presidente da Câmara” se destacam dos demais “simples vereadores", assim aconteceu com Leonardo Ciacci, Zacarias Piva etc! Obviamente que a mesma forma de “diferenciação” também acontece quando temos um vereador da “base de apoio do Executivo” e algum outro da oposição! Percebam que, como disse, raramente, vemos pedidos públicos dos vereadores no plenário da Câmara, que não sejam justos, contudo, a “forma de seleção do atendimento ou não do pedido” é que não parece justa! E assim caminha a humanidade, o relacionamento entre Executivo e Legislativo sendo levado na base do “coleguismo, onde aos amigos do Rei ou que tenham poder, o atendimento é prioritário e certo, já aos adversários, nem tanto”. Será que o combativo vereador Carlos Costa (MDB), que faz oposição ao Executivo tem seus justos pedidos atendidos com a mesma presteza dos presidentes do Legislativo?

Unis entre os melhores do Brasil

A Revista Exame, uma das mais importantes no cenário de negócios do Brasil, listou um ranking com as melhores Instituições de Ensino do Brasil e o Grupo Unis figurou entre elas. Baseado nos últimos indicadores de qualidade oficiais divulgados pelo MEC, a lista traz faculdades de todo o país. “Os resultados do ciclo avaliativo de 2017 foram em dezembro e a nota do IGC (Índice Geral de Cursos) variou de 1 a 5.  Instituições com IGC 4 e 5 são consideradas excelentes e aquelas que não chegam a ter IGC faixa 3 não atingem os níveis satisfatórios exigidos pelo MEC”, explicou o texto da Revista. 

O cálculo do IGC é o principal indicador de qualidade do MEC e sua divulgação acontece todo ano.  Em 2017, o Grupo Unis obteve resultados de excelência não só no Unis-MG, considerado o melhor Centro Universitário Privado de Minas, como a Fateps (Faculdade Três Pontas) e FIC (Faculdades Integradas de Cataguases), ambos com nota 4. O bom desempenho do UNIS é mostra da eficiência administrativa do reitor Stefano Gazzola, contudo, toda a estrutura de bons funcionários, professores e alunos preparados também tem seu mérito.

Outro ponto que a Revista Exame não mostrou, mas que certamente deve ser observado são os números do Grupo UNIS! A instituição é uma das mais lucrativas do setor em Minas e fatura milhões de reais por mês e emprega próximo de mil colaboradores! Com uma estrutura tão robusta assim, não por menos que a cadeira ocupada por Stefano Gazzola seja uma das mais cobiçadas no Sul de Minas, até mesmo porque, além da arrecadação e prestígio de quem comanda o UNIS, o posto não tem o intenso holofote, as inúmeras fiscalizações, amarras administrativas e jurídicas que possuem, por exemplo, os cargos de chefia do Executivo ou Legislativo.

Falando em UNIS

A saúde dos animais é um tema de grande importância, especialmente porque interfere diretamente no equilíbrio do meio ambiente, no bem-estar dos animais e na saúde pública. Buscando atender às demandas da comunidade e da região, e promover o desenvolvimento da sociedade em que atua, o Grupo Unis iniciou em 2018 as obras do primeiro Hospital Veterinário de Varginha. As obras já estão bem avançadas, e a primeira fase do Hospital está programada para ser entregue no mês de julho de 2019, atendendo os alunos do curso de Medicina Veterinária através das disciplinas de Propedêutica e Diagnóstico por Imagem. Instalado na Cidade Universitária, o Hospital Veterinário estará preparado para atender a comunidade externa de Varginha e região a partir de fevereiro de 2020, oferecendo serviços de atendimento clínico e cirúrgico para pequenos animais, internação, exames de imagem (Raios-X e Ultrassom), dentre outros, além de possibilitar o ensino da prática profissional aos estudantes, beneficiando muito a sociedade em termos de assistência à saúde dos animais. Os estudos mostram que a população de animais de estimação está crescendo fortemente no Brasil! Muitos cachorros e gatos possuem vida mais confortável que humanos, são tratados como “filhos”. Logo, o Hospital Veterinário do UNIS, além de ser um investimento que dará estrutura e excelência ao curso de Medicina Veterinária do UNIS, também pode se tornar uma fonte de renda á já poderosa universidade!

Aumento na cesta básica em Varginha entre dezembro e janeiro

Na primeira pesquisa de 2019 o Índice da Cesta Básica de Varginha apresentou alta considerável no nível geral de preços, chegando ao quarto mês consecutivo de elevação.

Entre os meses de dezembro e janeiro a inflação da cesta básica foi de 5,93%. Foi a maior elevação dos preços desde junho de 2018. A coleta de preços para o cálculo desse índice é realizada nos principais supermercados da cidade. 

A pesquisa demonstrou que no mês de janeiro o valor da cesta básica nacional de alimentos para o sustento de uma pessoa adulta em Varginha é de R$377,59, correspondendo a 43,02% do salário mínimo líquido. Sendo assim, o trabalhador que recebe o mínimo mensal precisa trabalhar 87 horas e 05 minutos por mês para adquirir essa cesta de alimentos. Vale lembrar que a perspectiva para os preços neste início de ano é de elevação, mesmo com o “bom humor” do mercado em relação as reformas propostas pelo Governo Bolsonaro. Ocorre que os preços administrados pelos governos estaduais e federal (energia elétrica, combustíveis etc.) devem ter aumento. Além disso, no início do ano existem gastos extras como matrículas escolares, IPVA, IPTU etc. o que força inflação neste início de ano.

Parcerias e contra-partida

As obras de revitalização do centro de Varginha, que foram paralisadas temporariamente, serão retomadas dia 21 de janeiro e terão início na Rua Presidente Antônio Carlos, no trecho compreendido entre a avenida São José e a Rua Deputado Ribeiro de Rezende, e em seguida o Calçadão da Wenceslau Braz. Já as obras não serão retomadas, neste momento, na Rua Deputado Ribeiro de Rezende, região onde foram paralisadas, devido a um problema técnico, resultado de um

desnível entre as calçadas, necessitando uma melhor captação das águas pluviais. 

Reformas como a modernização do centro comercial é uma obra antiga reivindicada pelos comerciantes e necessária para dar conforto ao cidadão, bem como maior atratividade ao comerciante do centro, que vem perdendo clientes para o shopping. Todavia, é preciso que o Comércio também faça sua parte, precisa fazer investimentos, melhorar produtos e serviços para ganhar competitividade, do contrário de nada vai adiantar o investimento público na modernização. Alias, o dinheiro gasto na obra de modernização é público e vindo do governo federal, por meio de apoio do deputado federal Dimas Fabiano (PP). 

Muito se comenta sobre a necessidade de melhoria no atendimento no comercio local. Os comerciantes possuem estruturas como Senac, ACIV, Sebrae, entre outras, que podem ajudar na melhora e qualificação do serviço prestado pelo comércio ao cliente final. O que não pode é ficar apenas o Poder Público fazendo sua parte sem qualquer contrapartida dos empresários.

Perguntar não ofende

Qual a porcentagem do lixo recolhido em Varginha que é analisado e reutilizado pela coleta seletiva? Quanto é gasto e faturado com este lixo reciclado? Quem fica com este recurso e qual a destinação deste recurso arrecadado? E quanto ao lixo não aproveitado?

Qual a vida útil (vagas ainda disponíveis) no cemitério municipal? Quanto tempo vai demorar até que o Executivo precise de novo cemitério público? Há projeto para a transferência do atual cemitério para outro lugar, como ocorreu na atual Praça da Fonte?

Quais as empresas e pessoas físicas que reúnem a maior parte da dívida com o município? Estes devedores são cobrados judicialmente ou possuem regalias? Há plano administrativo para negociação e recuperação destes créditos ao município?

O que aconteceu com os R$ 60 mil do dinheiro público da Câmara de Varginha, pagos numa contratação irregular para projeto da faraônica nova sede do Legislativo que nunca saiu do papel? Porque os vereadores têm medo de cobrar a dívida de quem a fez?

De volta ao passado

As nomeações realizadas pelo Governo estadual de Romeu Zema (Novo) tem sido uma incógnita para quem deseja saber o perfil do novo governador! As lideranças do Partido Novo e muitos de sua militância estão com o discurso de “novidade política” prejudicado depois que o governador voltou que várias das nomeações feitas pelo ex-governador Fernando Pimentel (PT) e ainda trouxe novamente para o poder diversos tucanos e ex-assessores ligados a Aécio Neves e seu grupo político! Isso sem falar na permanência de muitos nomes políticos indicados no interior para controlar estruturas públicas do Estado. 

Para alguns do Novo as nomeações são restritas à esfera política, onde naturalmente, o Partido Novo não possui “pessoas experientes, visto que o partido é recente no jogo político”. Já com relação às diversas nomeações que ainda permanecem no interior, a equipe de Zema diz, nos bastidores, que a estrutura está sendo mapeada caso a caso e que toda a estrutura será “verificada” no decorrer do governo, fazendo assim as mudanças necessárias para “despartidarizar o Estado e adotar a meritocracia com a nomeação de técnicos”. A conferir! 

De qualquer forma, o “modus operandi” do atual governo adota a razoabilidade na gestão do Estado. O que não era correto, e agora, pelo visto, vai ter que mudar, é o discurso de muitos filiados do Partido Novo, que pregam a “superioridade dos integrantes da nova legenda, que acreditam e pregam, que os filiados de PT, MDB, PSDB etc não prestam!!” Ora, muitos destes que segundo a militância do Novo “não prestam”, agora estão em cargos de chefia, representação e liderança política do Governo Zema! Ou seja, o radicalismo dos militantes não parece ser o mesmo do governador, que agora também se aliou ao PSL do presidente Bolsonaro! Pelo visto, Zema é bem mais democrata e com mais bom senso que boa parte de sua militância de extrema direita!

Alinhamento e preocupação

Nesta semana o presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais – FIEMG, Flavio Roscoe esteve em Brasília para tratar da defesa da Indústria junto a diversos setores do Governo Federal, inclusive com o próprio presidente Bolsonaro. O presidente da Fiemg, juntamente com lideranças da Confederação Nacional da Indústria – CNI, estão tentando convencer o Governo Federal de não realizar os cortes no Sistema S, que administra estruturas como SESI, SENAI, SENAC, SENAT, SENAR etc! Flavio Roscoe é habilidoso articulador e tem conseguido entrada e apoio em todas as visitas que faz à Capital Federal. Contudo, a defesa do Sistema S não pode ficar apenas com os empresários, pois estes são apenas os administradores do Sistema S que beneficia diretamente o trabalhador e a população em geral. 

Em Varginha, que aliás possui todas as estruturas do Sistema S, SESI, SENAI, SENAC, SENAT, SENAR etc, é preciso lembrar que se concretizados tais cortes, muitos alunos e trabalhadores vão perder a escola e o curso de preparação técnica. Ou seja, a pauta Sistema S, que é colocada como um “interesse exclusivo dos empresários”, na verdade, deve ser uma preocupação emergencial de prefeitos, governadores e de toda a população carente que é atendida pelo Sistema.

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)