Coluna | INSS & Você
INSS
Este espaço é para falar de assuntos relativos à Previdência Social. Aqui, vamos informar sobre os benefícios previdenciários disponíveis à população, assim como a importância de se filiar ao Regime Geral de Previdência Social e manter suas contribuições em dia.
Prova de vida: o que você precisa saber para não ficar sem receber o seu benefício
27/12/2018
Desde 2012, os segurados do INSS devem comprovar que estão vivos para manter o benefício ativo. O procedimento é obrigatório para todos que recebem seus pagamentos por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético e tem por objetivo dar mais segurança ao cidadão e ao Estado brasileiro, evitando pagamentos indevidos de benefícios.

Dos mais de 34 milhões de beneficiários, apenas 132 mil ainda não compareceram aos bancos pagadores. Esse quantitativo se refere aos que, em dezembro, completam mais de 12 meses desde a última comprovação. Se eles não fizerem a prova de vida, seus benefícios poderão ser interrompidos ainda em dezembro de 2018.

Para alertar os segurados, os bancos têm feito comunicados por meio de mensagens informativas, disponibilizadas nos seus caixas eletrônicos e sites na internet.

Como fazer – O procedimento é realizado anualmente pela rede bancária, que determina a maneira mais adequada à sua gestão: existem bancos que utilizam a data do aniversário do beneficiário, outros utilizam a data de aniversário do benefício, assim como há os que convocam o beneficiário na competência que antecede o vencimento da fé de vida.

Bancos – O segurado deve ir diretamente ao banco em que recebe o benefício e apresentar  um documento de identificação com foto (Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho, Carteira Nacional de Habilitação e outros). Algumas instituições financeiras já utilizam a tecnologia de biometria nos terminais de autoatendimento.

Os beneficiários que não puderem ir até às agências bancárias por motivos de doença ou dificuldades de locomoção podem realizar a comprovação de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS.

É importante destacar que o segurado que não fizer, ao final de 12 meses da última comprovação, terá seu pagamento interrompido. Após seis meses sem comprovação de vida, o benefício é cessado.

Informações sobre benefícios previdenciários podem ser obtidas no Portal www.inss.gov.br ou na Central Telefônica 135, que funciona de segunda a sábado, de 8h às 23h, no Horário de Verão.

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)