Coluna | Viver Consciente
Willes S. Geaquinto
Psicoterapeuta Holístico, Consultor e Palestrante Motivacional, Escritor - Autor dos livros "Cidadania, O Direito de Ser Feliz” e Autoestima – Afetividade e Transformação Existencial

Interatividade: Os textos desta coluna expressam apenas a opinião do autor sobre os assuntos tratados, caso o leitor discorde de algum ponto ou, até mesmo, queira propor algum tema para futura reflexão, fique a vontade para comentar ou fazer a sua sugestão.

Site: www.viverconsciente.com.br
Criança e Competitividade
06/10/2014
“Todos nós nascemos 

príncipes e  princesas, mas, ás vezes,

a nossa infância pode

nos transformar em sapos”.

Eric Berne 

São inúmeras as situações de natureza negativa que, infelizmente, envolve a educação infanto-juvenil nos dias de hoje. Porém, nesta breve reflexão dedicada a pais, familiares, professores, educadores e indivíduos adultos, vou apenas comentar sobre o estímulo precoce à competitividade. 

A criança não nasce competitiva, ela simplesmente nasce ávida por aprender, por desenvolver-se (saudavelmente) e, porque não dizer, por receber afeto, estímulos positivos e atenção. 

Uma criança quando vai a uma escolinha para iniciar-se em alguma modalidade esportiva como natação ou futebol, por exemplo, o que ela quer é somente aprender e se divertir. Ela não pensa em ganhar do coleguinha, em obter algum troféu, ela só quer entreter-se. Mormente são os adultos mal preparados para educá-la que contaminam a diversão estimulando a competição, eliminando a graça do entretenimento. 

O escritor e palestrante americano, versado em educação, Alfie Kohn, ao tratar do tema, diz que: “As evidências sugerem de modo avassalador que a competição é destrutiva, especialmente para as crianças. É uma maneira tóxica de criar filhos”. E deve-se isso, sobremaneira, à falta de uma visão mais profunda e consequente, dos pais ou seus substitutos, sobre as fases de desenvolvimento emocional da criança.

A competição precocemente estimulada compromete o aprendizado natural da criança, pois, se desde cedo ela for pressionada por resultados, ela inevitavelmente irá comprometer a sua originalidade e criatividade. Têm sido constantes os relatos sobre crianças que, ao perderem uma competição ou terem algum desempenho considerado ruim em sua pratica esportiva perdem o apetite, ficam irritadiças e se deprimem. E isso ocorre, também, quando são cobradas inadequadamente pelo desempenho escolar, ou quando são comparadas negativamente a outrem em suas atividades.

Os pais que estimulam de modo inapropriado os seus filhos a serem competidores, precisam compreender que, por força da pouca idade, na maioria das vezes eles não estão preparados para o ônus da competitividade. E por isso mesmo poderão vir a sofrer dificuldades de ordem emocional que irão influenciar negativamente a autoconfiança deles no desempenho de outras atividades, prejudicando, inclusive, a socialização e os aprendizados futuros.

Enfim, é recomendável que pais, familiares, educadores, etc., tenham a consciência de que é preciso respeitar as fases do desenvolvimento da criança, deixando de impor-lhes condições que extrapolem o bom senso e exijam-lhes a maturidade ou o discernimento que ainda não possuem. Saudável é estimulá-las a serem apenas crianças saudáveis, a desenvolverem no tempo apropriado seus potenciais de inteligência e criatividade; além de repassar-lhes valores e princípios benfazejos que norteiem suas condutas rumo a uma vida equilibrada e satisfatória.

Boa Reflexão!

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)