Coluna | Viver Consciente
Willes S. Geaquinto
Psicoterapeuta Holístico, Consultor e Palestrante Motivacional, Escritor - Autor dos livros "Cidadania, O Direito de Ser Feliz” e Autoestima – Afetividade e Transformação Existencial

Interatividade: Os textos desta coluna expressam apenas a opinião do autor sobre os assuntos tratados, caso o leitor discorde de algum ponto ou, até mesmo, queira propor algum tema para futura reflexão, fique a vontade para comentar ou fazer a sua sugestão.

Site: www.viverconsciente.com.br
A Evolução pelo Amor
29/01/2014
Existe o pensamento em algumas doutrinas religiosas ou espiritualistas que o sofrimento é elemento de evolução espiritual. No entanto, essa não é a melhor ótica, uma vez que o sofrimento em si é apenas sofrimento, nada mais do que isso.  O que gera evolução é o que fazemos com ele, ou seja, o que aprendemos com o sofrimento1

Para tornar essa reflexão mais clara, antes é necessário verificar como reagem os indivíduos perante o sofrimento: 

1) Revolta – É comum encontrarmos aqueles que, diante de qualquer desconforto, costumam vociferar colocando-se como vítimas ou injustiçados, culpando Deus e o mundo pelos seus desconfortos.

2) Resignação – No bojo de muitos ensinamentos equivocados está o estímulo ao acomodamento perante as situações “dolorosas”. Algumas premissas religiosas mal interpretadas sugerem, inclusive, a aceitação passiva, a comiseração e a autopiedade. É por isso que encontramos pessoas estagnadas no desculpismo, no determinismo ou em considerações assemelhadas. 

3) Aceitação Consciente – Essa postura emana do conhecimento mais profundo da espiritualidade, das Leis Universais que gerem a vida em todas as suas dimensões. Somente através da ampliação do conhecimento de si mesmo e do universo, é possível transformar o sofrimento, a dor, em aprendizado. 

Veja bem, quando você apenas se revolta contra os desconfortos que o assolam, nada de novo acontece, você continua sofrendo. Da mesma forma acontece quando você passivamente se acomoda a eles. Conclusão: nas duas situações nada se transforma; tudo permanece o mesmo, todo o sofrimento é em vão. Enfim, sempre que você, consciente ou inconscientemente, contribui para a permanência do sofrimento em sua vida, esta não é uma atitude saudável e amorosa. 

Há tempos eu fui adepto de uma visão consagrada a respeito da evolução espiritual, ou seja, de que existiam duas “escolas”, a da dor e a do amor. Hoje, depois de muito viver e experenciar, observar e refletir, a minha compreensão é de que, na verdade, a única pedagogia que existe é a do amor. Quando você instrumentaliza os desconfortos para aprender e evoluir, este se torna um ato vigoroso de amor para consigo mesmo. Há um quê de profunda sabedoria amorosa quando você “acolhe” o desconforto ou sofrimento conscientemente, quando você o transforma numa “ferramenta” que irá ajudá-lo na compreensão de si mesmo e, consequentemente, no aperfeiçoamento do modo como cuida de si. 

Sob a perspectiva da evolução espiritual creio ser claro que todo progresso é fruto do enfrentamento das resistências que são encontradas no viver diário de cada pessoa. E essas resistências são as vicissitudes, os obstáculos, as dificuldades, as deficiências e propensões que são próprias do existir humano. Sendo assim, nada melhor que ações repletas de amor para que você enfrente o “bom combate” da vida, evolua e seja vencedor.

Boa reflexão e viva consciente e amorosamente.

 

1 O termo sofrimento aqui utilizado refere-se a todo tipo de desconforto, seja físico, mental/emocional ou espiritual.

 

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
18/09/2019 | Ser autêntico III
12/09/2019 | Ser autêntico II
04/09/2019 | Ser autêntico I
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)