Coluna | Viver Consciente
Willes S. Geaquinto
Psicoterapeuta Holístico, Consultor e Palestrante Motivacional, Escritor - Autor dos livros "Cidadania, O Direito de Ser Feliz” e Autoestima – Afetividade e Transformação Existencial

Interatividade: Os textos desta coluna expressam apenas a opinião do autor sobre os assuntos tratados, caso o leitor discorde de algum ponto ou, até mesmo, queira propor algum tema para futura reflexão, fique a vontade para comentar ou fazer a sua sugestão.

Site: www.viverconsciente.com.br
Liberdade para sonhar
12/07/2012
Um cliente de 36 anos, após três meses terapia, no início de uma sessão fez esta breve narrativa: “Olha, eu sinto que estou melhorando porque estou sonhando de novo, coisa que eu não fazia desde meus 17 anos de idade, época em eu tinha muitos sonhos para o futuro da minha vida”. Interessado no que ele acabara de contar, perguntei-lhe: “E como você se sente tendo resgatado essa sua capacidade de sonhar?”. Ele, alegre feito uma criança saudável, me disse: “Sinto-me como se estivesse nascendo de novo, com muita vida pela frente”.

Algum tempo depois dessa tão marcante sessão, pus-me a refletir sobre essa capacidade de sonhar, de desejar ou aspirar alguma realização mais à frente na vida. Habilidade que todos temos, mas que, por alguma causa aparente ou não, em certo momento podemos vir a bloqueá-la, como havia acontecido como o meu cliente. Ao passar em revista algumas das minhas conquistas pessoais percebi que quanto mais sonhadas elas foram, que quanto mais perseverante eu fui mantendo-as em foco, melhores foram as condições de obtê-las. Por outro lado, também detectei períodos em minha vida que, por um motivo ou outro, praticamente eu anulara essa capacidade de sonhar. Relembrei também como tinham sido sofridos aqueles momentos de pura desesperança existencial, sem sonhos e sem fé.

Assim, diante destas constatações, o que posso enunciar, a priori, é a certeza de que é praticamente impossível obter conquistas saudáveis e duradouras, sem que antes elas sejam sonhadas, desejadas ou, digamos assim, desenhadas no âmbito da mente inteligente. Talvez isso não seja novidade, mas, creio que sonhar é quase que tão importante como respirar. O sonhar, tal qual se apresenta no contexto desta reflexão, é uma capacidade inerente ao ser humano, sem a qual ele não conseguiria transcender aos desafios que a vida sempre lhe propõe para seu próprio crescimento e satisfação. Uma vida sem sonho é uma vida que vai se extinguindo aos poucos, que vai perdendo a cor e a sua própria razão de ser; é um labirinto infinito que aprisiona a capacidade de reagir às oportunidades de evolução.

Se você que neste momento lê esse breve texto, sente que existem momentos que lhe falta uma motivação a mais para sonhar, que lhe falta um quê de desejo ou entusiasmo por alguma transformação ou conquista mais elevada, saiba que um dos passos mais importante no resgate dessa fundamental capacidade sustentadora da vida em movimento, é o avivamento consciente da atitude de sentir-se merecedor de maiores feitos em sua existência. Nada do que acontece com você ocorre sem a sua permissão. Portanto, é hora de assumir o leme da sua vida, de ser o mestre do seu domínio, enfim, é hora de, aqui e agora, ser livre para sonhar de novo.

Boa Reflexão e viva consciente.

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
18/03/2022 | Homo Homini Lupus
25/01/2022 | Ser mais
10/01/2022 | Não olhe para cima
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Expediente | Privacidade | Entre em Contato | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2021 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)