Coluna | Prosa Caipira & Cia
Sátiro dos Reis
Jornalista e Filósofo caipira formado nas barrancas do Rio Verde, é contador de causo e gosta duma boa pescaria de beira de rio. Jura de pé junto que em vidas passadas já foi violeiro, peão boiadeiro e sanfoneiro nordestino. Atualmente cultiva abobrinhas, e outras sátiras a mais, no terreno fértil do humor descompromissado e da livre imaginação. * Preste atenção: qualquer semelhança com fatos ou pessoas pode não ser mera coincidência, hein!
Cada macaco no seu galho
01/04/2010
Asturdia tavaqui pensando donde qui essi mundo vai pará, é pai matando fio, fio matando pai, batendo na mãe pá módi pegá dinhero pá si drogá, pá tomá cachaça. Ia trevisão qui adora dá notícia ruim, exprorá us pobre di dinhero e di isprito pá dá ibópi. Dia de domingo, si o povaréu num tem nada pá fazê, ninguém pá visita, coquinho pá cata, pexe pá pesca, eis devia i durmi ao invéis di fica feito bobo na frente da trevisão. Cumpadi Irineu já faiz um tempão mi dissi qui a trevisão imburrece as pessoa, nu começo ieu num querditei muito, mais adispois dum tempo ieu percebi quitava ficando meio besta memo. Foi aí qui passei a lê mais pá fica isperto, qué dizê inteligenti memo, dimais da conta!

Mais cumo nóis num vai arresorvê toda essa disgracera duma veiz memo, si nem o cumpadi Paulo Freiri deu jeito, vamu variá o conversê, pá nóis ri um cadiquinho quisso é bão tamém! Num sei si oceis ficáro sabendo, mais diz qui lá nas Arábia o sujeito casô cuma muié daquelas qui usa um véu isquisito, i logo qui mandaro eli beja a noiva, crendospai! Diz qui a muié além de tê barba, inda era vesga. Já imaginô? Ocê crenti qui vai tasca um bejaço numa belezura di muié i dá di cara cuma muié barbada? Òia o trem é fei dimais. Num deu notra né, cabaro anulando o casório. Tamém quem mandô num levanta o véu antis... Purcausa disso, cumpadi Onófri tava contando qui no tempo queli era moço as muié ia di véu na igreja, intão pá num trocá gato pur lebri ele ficava sondando as moça pá vê as cara delas pur baxo dus véu. Diz eli qui uma veiz eli oiô pur di baxo dus véu duma moça e a danada era banguela, nunca mais eli si assanho pru lado ela. Ara!

Tava um cabocro muito viajado mi contando qui lá pás banda di Portugar tamém tem uns povo mei isquisito. Um dia convidaro eli pá i num velório. Nu começo eli achô mei istranho, mais, comu ele era visita num quis fazê disfeita, e lá si foi pro velório. Chegando lá cumprimentô os parente du morto e coisa e tar. Mais o que eli achô istranho dimais da conta foi qui do lado du caxão tinha uma travessa cum creme, i todos qui iam vê o defunto passava a mão no creme e passava nu defunto. Foi intão que eli priguntô pá viúva du finado purque eis tava passando creme neli, ela intão conto preli que o dito cujo, o morto, antis di morrê falô pá ela i os fio qui quando eli morresse era pá crema eli. Ta rindo né! Ói pô cê vê, portugueis tem cada uma né!

Aí um rapaiz do Begeé tava fazendo uma pesquisa numa roça lá pás banda di Córguduoro i priguntô pro Raimundão:

– Quantos filhos o senhor tem?

– Bão, us minino são quatro e as minina são seis...

– Então as sua prole é grande né?

– Uai, si é grandi ieu num sei dizê, mais tá sempri dura que só vendo. Pó ri a vontadi, afinar inté o Serra que é fei dimais da conta vive rindo sei lá du que.

Conta um causo proceis, uma veiz quasi quieu fui sê pesquisadô do Begeé, mais ieu era muito incabulado nessi tempo, im tão naum tinha jeito pá saí fazendo prigunta da vida dusotro aqui na roça. Num sei si oceis já prestô atenção, mais toda hora o pessoar tá inventando um jeito dimagrecê. Gorinha memo déro di fala duma tar ração humana. Primera vez qui ovi fala fiquei mei cismado, né, tem ração pá cachorro, pá galinha, agora pá humano... Aí fui ispiá discubri qui a tar ração humana é mais parecida cum cumida di passarinho, intão dévi dá certo! Purque inté agora num vi um passarinho gordo, nem maiando na cademia.

Falá di cumida, diz qui o cabôcro chegô em Belzonti é foi percurá um lugá pá comê. Custumado cum as coisa da roça, chegô na lanchoneti e foi logo pendindo um pão cum carne. A moça muito educada oiô bem prele e disse: “Senhor aqui nós só servimos lanche natural”. O cabôcro oiô prela e sortô essa: “ Uai, sô! I a vaca num é naturar?” Ta vendo só, i tem genti qui pensa qui caipira é burro. Cumpadi Irineu, filósfo qui só, tava falando qui nóis caipira samu é muito intuitivo. Diz eli qui a sabidoria du caipira tá na raiz du aprendizadu da vida. Eitá hómi quis abi das coisa, hein! Intão, purcausa disso me alembrei qui asturdia vi cumpadi Hilário cuma penca di banana na mão falando pá cumadi Soraia: “quero vê divinhá quantas banana tem nessa penca, si divinha ganha as 15...”; Ela oiô pás banana i arrespodeu: “ Ah cumpadi assim nu ôio fica dificir, podi contá? “; Cumpadi Hilário penso i arrespodeu: “Ara, cumadi contando até inté ieu acerto!”. Bão tamém, né!

Si oceis gostarô num sei, ieu já tô gostando muito, manda um imeio pá nóis ou prô Yorkuti(sem víru), quieu tô ino cumê uma traira das boa lá no Cumpadi Ernesto, ocê já foi? Inda não? Ô coitadu! Cumpadi Irineu é quem diz: “ Pá quem tá se afogando jacaré é tábua”. Nóis é bão di filosfia tamém! Larga meu pé narfabeto ambientar! Sô brasileiro, uai! Nosso gosta di muié, nóis vota na Dilma. Quem polui o meiambienti acaba cum a vida da genti. Pópará di poluí, sujão! Òia os musquito da dengui di novo! Bem quieu tô avisano, hein!Tempocabô!

Pódi ôiá i segui u Brógui du Sátiro:

http://www.broguicaipira.blogspot.com

Psiu: quarqué erro qui oceis notá, num arrepára não!

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
24/11/2017 | Caipira não é jacu
18/07/2012 | Trem Tá Feio
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)