Coluna | BRASILzão
Diego Gazola / Fábio Brito
Diego Gazola,(MTB-SP-44.350), é repórter-fotográfico.Graduado em Comunicação Social pela UMESP-SP, tem se especializado em fotojornalismo de viagens. Em cinco anos, já percorreu mais de um mil municípios em todo o Brasil para avaliação dos atrativos e documentação fotográfica dos Guias Turístico-Culturais da editora Empresa das Artes.As fotografias de Brasilzão são de sua autoria.
diegogazola@uol.com.br

Fábio Brito. Presidente da Empresa das Artes, editora com mais de 160 obras publicadas nos segmentos de turismo, meio-ambiente e cultura; de guias de viagem a livros de arte. Os textos de Brasilzão são de sua autoria.
fabiobritocritica@yahoo.com.br
São Paulo: uma Ocupação Cultural
19/08/2009

Símbolo da Capital

Detalhes de uma época

- O que é a Ocupação Cultural?

- Trata-se de um projeto de lazer que levará manifestações culturais ao Centro Histórico de São Paulo.

- Deve ser mais uma dessas suas idéias fantasiosas. São Paulo praticamente destruiu os vestígios arquiteturais de seu passado.

Influência francesa em São Paulo

-Engano seu, meu amigo. A capital paulista tem um dos mais completos – e interessantes – conjuntos de edificações elegantes e sóbrias, que são o registro de épocas áureas da Terra da Garoa.

- Não é a impressão que temos da metrópole. São Paulo é sinônimo de trânsito caótico, poluição, desordem urbana, insegurança e, sobretudo, povoada por pessoas arrogantes e incultas que desconhecem as demais realidades brasileiras.


Catedral da Sé e São Paulo


Pateo do Collegio, coração da cidade

- Tenho outra opinião. São Paulo é extraordinária! Tem história, ostenta um passado denso e é uma das capitais culturais da nação brasileira: “Em 25 de janeiro de 1554, dia da conversão de São Paulo, há o primeiro acontecimento importante na nova localidade – o padre Manuel de Paiva celebra uma missa para marcar o início das atividades do novo colégio. Estavam presentes na ocasião Manoel da Nóbrega, o recém-chegado José de Anchieta e outros 11 jesuítas. A data é considerada, historicamente, a fundação da cidade de São Paulo”. A pequena aldeia de Piratininga começava então a ser evangelizada pelos jesuítas que buscavam a conversão dos ameríndios ao cristianismo.

Sobriedade e elegância. Mosteiro de São Bento

- De lá para cá, muita coisa aconteceu...

- Pois em 1560 o povoado se eleva à categoria de vila. Hoje, no dia 18 de agosto de 2009, a Capital reúne mais de 11 milhões de pessoas, entre as quais moradores de rua, meliantes, drogados, desordeiros, marginais, evangélicos que pregam a sua fé em altos brados sem respeitar a opinião dos demais, paredes pichadas, calçadas maltratadas, sacos de lixo entulhados ao longo das ruas e, ao mesmo tempo, uma arquitetura digna dos centros urbanos pujantes e elegantes de outrora. É uma lástima constatar que nada de realmente sério seja realizado para humanizar o Centro Velho, para torná-lo um local de lazer familiar onde a população possa conviver com música, cinema, artes visuais, dança e teatro.


Adornos arquitetônicos


Banca de jornal com estilo

- Nossa!!! Esses são justamente os objetivos do projeto Ocupação Cultural do Centro Histórico de São Paulo. O que se pretende é levar o cinema à população através de projeções – ao ar livre – na Praça da Sé. No Páteo do Colégio serão apresentadas obras de artistas plásticos. O Largo São Bento será palco para a música, o teatro será levado à Praça Patriarca, e no Largo São Francisco teremos dança.

- Que bárbaro! Quem está financiando o seu sonho?

Praça do Patriarca

- Por enquanto estamos obtendo parcerias. As empresas têm acolhido com simpatia a “Ocupação Cultural”, porém, antes desejam “ver para crer”. Compreendo o ceticismo dos patrocinadores quanto à realização de nossas ações, porém quando mergulho na linha do tempo e remonto a 1720, época em que a Capitania de São Paulo foi desmembrada da de Minas Gerais, ou a 1744, quando foi inaugurado o Convento da Luz – construído por Frei Galvão, recentemente canonizado –, ou a 1745, quando os paulistanos receberam o seu primeiro bispo, dom Bernardo Rodrigues Nogueira, ou, ainda, a 1784, quando surgiram as primeiras ruas calçadas, me tranquilizo e certifico-me de que estamos também fazendo história ao lutar para devolver aos habitantes da Metrópole o prazer de voltar à “Cidade”, como era chamado anteriormente o miolo central paulistano.

Escoteiros visitam a Capital

- Não esqueçamos tampouco que, em 1822, às margens do riacho do Ipiranga, no dia 7 de setembro, Dom Pedro proclamou Independência do Brasil.

- Você sabe qual foi o primeiro jornal impresso na Vila?

- O Farol Paulistano. E você? Sabe de quando data a inauguração da Academia de Direito que viria a funcionar na Sacristia da Igreja de São Francisco?

 


Largo São Francisco


Tesouros desapercebidos

- Em 1828. Veja, portanto, que o Centro de São Paulo abriga histórias e fatos importantíssimos – e algumas vezes tristes –, como o assassinato do jornalista liberal João Batista Líbero Badaró, hoje nome de uma das ruas mais charmosas da região.


Passado e presente na arquitetura


Estilos de outrora

- São Paulo já foi elegantíssima! Tinha fiação subterrânea, calçadas largas com pisos homogêneos, era arborizada, recebeu personalidades como a atriz Sarah Bernard, ícone da música francesa, que encantou a todos no Teatro São José. Em 1905 surgiu a Pinacoteca do Estado, o primeiro museu de artes plásticas da cidade. Em 1919, da Rua Florêncio de Abreu, são produzidos os primeiros Ford T da primeira fábrica de automóveis do Brasil.

Desleixo e descuido humano

- E em 1930 foi erguido o mais alto prédio da América Latina, o Edifício Martinelli. Eram 130 metros de altura e 30 andares.

- Por isso fico triste ao constatar o pouco caso e o desleixo com que as autoridades, os dirigentes, os habitantes, os visitantes e mesmo alguns turistas tratam o Centro Antigo de São Paulo, que está invadido por pessoas que não estão em condições de respeitar o seu belíssimo acervo, repleto de encantos de mistérios e de paixões.

Segurança no Centro de São Paulo

- E este é um bom motivo pelo qual devemos lutar para que a Ocupação Cultural ocorra a contento e se torne também um marco na evolução desta cidade encantadora.

- Viva São Paulo!

- Viva!!!

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
28/09/2009 | Embu das Artes
28/09/2009 | Brasil. Vai Brasil!!!
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)