Coluna | Prosa Caipira & Cia
Sátiro dos Reis
Jornalista e Filósofo caipira formado nas barrancas do Rio Verde, é contador de causo e gosta duma boa pescaria de beira de rio. Jura de pé junto que em vidas passadas já foi violeiro, peão boiadeiro e sanfoneiro nordestino. Atualmente cultiva abobrinhas, e outras sátiras a mais, no terreno fértil do humor descompromissado e da livre imaginação. * Preste atenção: qualquer semelhança com fatos ou pessoas pode não ser mera coincidência, hein!
Trem bão dimais da conta
11/11/2009
Asturdia tava aqui pensando qui o pessoar qui trabáia cum as porpaganda vive abusando da inteligênça du povo, essa história di qui o sabão impó mais caro é o meió, é mentira das mais deslavada. Na verdadi, cumo já dizia minha vó, nem tudo qui reluiz é oro! Uma cuié di maionesi só tem 40 caloria, uai, tem cuié di maionesi qui tem menos di trinta caloria, ocê sabia? Dependi du tanto di maionesi qui ocê põe, uai! Nóis é caipira manum é bobo!

Já penso si só o Sarney fosse corrupito? Qui bão né, era só prendê o hómi e babau, nunca mais corrupção. O tar de nepotismo intão nem si fala, qui maravia num é memo. Deixa de sê bobo sô, pá todo canto tá assim de gente corrupita. Cumpadi Irineu tava contando qui conhéci aqui no sur de minas um prefeito qui ficô rico só de vende brita pá perfeitura quano era prefeito, diz qui u hómi hoje, ta di cabelo pintado fazeno das sua nas freguezia de Belzonti... Óia, qué sabê? Inda tem genti qui compra voto pá todos os canto, ispéra sò pá vê nas eleição du ano qui vem, aqui na vargem pequena já tem cabo eleitorar se aperparanu só pá sai comprano os troxa. Mi contarô qui os ET da Varginha ficaram inté assustado com o que viru nas política daqui. Fala nisso, o tar di coruja continua im cima du toco, agora ta perferindo recebê visita das crianças, o dó! Tadinha delas!

A caipirada qui vévi assistino novela agora inté aprendeu a falá eu ti amu pás muierada, falá eis fala, manum sabi o qui é. Intão, um dia dessi um cabocro chegô im casa meio na manguaça e falo pá muié: “òia quirida hoji ieu quero amá-la”. A muié qui tava mei qui dormino, arrespondeu: “óia, a mala ieu num sei ondi ta não, intão é meio ocê pega a muchila memo”. “ Num é disso quieu tô falano, muié! Ieu quero amar-ti”, falo o caboquim. “ Ocê qué sabe, Zé? Por mim ocê pódi i pá Marti, pá Jupitê, inté pá puta que pariu, mais mi dexa durmi im paiz!” Ta veno, vai se metê a sabido é o que dá.

Falano di isperteza, veja só o qui conteceu asturdia lá pás banda do Córgodoro: O cabocro nem bem ia chegano perto da venda do seu Eufrazio puxano um burro com uma práca no pescoço iscrita “Tô vendendo”, quando um dos rapaiz que tava bebendo no barcão oiô e disse pros outro cum cara di sabido:

- Tô mesmo precisando de um burro, vou comprar desse caipira aí, mas eu vou comprar baratinho, quer ver só? Eu vou encher a cara dele de cerveja e ele vai me deixar pela metade de preço.

Aí, logo qui o caipira entrô no bar eli priguntô:

- Tá vendendo o burro mesmo?

- Tô sim sinhô.

- E quanto você quer por ele?

- cem rear.

- Tudo bem, depois a gente discute isso aí. Aceita uma cerveja?

- Uai, aceito sim sinhô.

Tomaro a primera, depois o rapaiz priguntô:

- Toma mais uma?

- Tomo sim sinhô.

E dessi jeito tomaro quase uma dúzia di cerveja e comêro uns tira-gosto de lingüiça, até qui o rapaiz qui queria comprá o burro cochichô nus ovido dos amigo:

- Quer ver como eu compro o burro pela metade do preço?

E aí se virô pro caipira e priguntô:

- Por quanto mesmo você quer vender o burro?

O caipira oiô bem pô rapaiz, tiro o paiêro da boca e arrespodeu:

- Uai, sabi qui num tô vendendo mais não...

- Por que não? – priguntaram os amigo do rapaiz.

- Uai, ieu só tava querendo vendê o burro pá módi tomá umas cerveja, né!!!

Num sei si oceis fico sabendo, mais otro dia us covêro lá na Bahia arresorvero faze grevi. Óia nem conto proceis, diz qui foi um negóço compricado. Cumpadi Hilário pescadô de primera hora foi quem deu a notícia, eli falô qui tevi difunto quinté foi carregado nas costa pá cova, e pá ispanto di muita genti, tevi inté um qui foi andando mesmo. Magina, se é véro num sei, mais qui causa ispanto causa.

E pur falá em ispanto, cumádi Creusa tava contano qui asturdia tava isperano a veiz pá sê atendida no posdisaúde quando ouviu o Dotô priguntá prum bebum qui tava lá si consurtando: O senhor bebe muito álcool? Diz qui cabôcro arrespondeu: Bebo não sinhô, só memo si não tivé uma cachacinha pur perto né... Jaquetamu falando di bêbado, óia só essi causo acontecido lá pás banda di Muzambinho. Diz qui o bêbado ia passando perto duma igreja evangélica, viu uma fila di genti tudo vestida di branco i entrô nela. I num a di vê qui a fila era dum batizado. Nisso qui a fila foi andando e chegô a vez do manguacento, o pastor pegô eli pela nuca afundô nágua i falô: “Encontre Jesus, meu filho”. O abespado todo assustado, chacoaiô a cabeça i priguntô: “O Sinhô tem certeza quieli merguiô aqui memo?”.

Mudando di saco pá mala, priguntá uma coisa: oceis já comeu macarrão cum picadim di lingüiça i mastumate? Óia é uma gostosura, dia dessis vô passá a receita, pó cobrá! Por hoje, vô pará dinchê lingüiça!

Si oceis gostarô num sei, ieu já tô gostando muito, manda um imeio pá nóis ou prô Yorkuti(sem víru), quieu tô ino cumê uma traira das boa lá no Cumpadi Ernesto, ocê já foi? Inda não? Ô coitadu! Cumpadi Irineu é quem diz: “há males qui vem pá piorá”. Nóis é bão di filosfia tamém! Larga meu pé narfabeto ambientar! Sô brasileiro, uai! Nóis votô manóis xinga. Quem polui o meiambienti acaba cum a vida da genti. Pópará di poluí, sujão! Òia os musquito da dengui di novo! Bem quieu tô avisano, hein!Tempocabô!

Pódi ôiá u Brógui du Sátiro:

http://www.conexaocaipira.blogspot.com

Psiu: quarqué erro qui oceis notá, num arrepára não!

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
24/11/2017 | Caipira não é jacu
18/07/2012 | Trem Tá Feio
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)