Coluna | Prosa Caipira & Cia
Sátiro dos Reis
Jornalista e Filósofo caipira formado nas barrancas do Rio Verde, é contador de causo e gosta duma boa pescaria de beira de rio. Jura de pé junto que em vidas passadas já foi violeiro, peão boiadeiro e sanfoneiro nordestino. Atualmente cultiva abobrinhas, e outras sátiras a mais, no terreno fértil do humor descompromissado e da livre imaginação. * Preste atenção: qualquer semelhança com fatos ou pessoas pode não ser mera coincidência, hein!
Cum nóis num tem crisi!
28/11/2008
Num sei si oceis lembra, têvi um tempo qui o bão memo era usa kichuti, num tinha essa di rebuqui, al istar, náiquê, adida. O negóço era kichuti, inté nus baile ieu ia di kichuti, ô trem bão sô! Si ocê penso o quieu tô pensanu, ocê já devi tá lembranu quandu usava conga pá i na iscola, né!

Num sei como foi as leição aí pás banda doceis, mai aqui na Varginha us eleitô mandô os dinossauro i todas sua cria di vórta pá toca, imbora ainda tenha sobrado uns lá na Cama dus vereadô. A turma du balaio di gato arresorveu imita a vaca e fôro tudo pô brejo. Tamém né, o Tonho, mais véio do que nunca, tava pareceno pastor evangéico prometeno o fim de todos pobrema do povo, só fartô manda passá a sacolinha. Prus que tinha isquecido qui eli já tinha pormetido fazê uma praia só pus pobre numa ôta eleição, dessa veiz eli pormeteu piscina olímpia e terreno à vontadi. Pá num fica pá trais o tar di Dotô Suprício pormeteu num cobrá imposto dos póbre, tádinho dos póbre né! Pormeteu ainda, diminui u tamanho dus óimbus pá módi diminui o preço das passage, construí uma rodovia pá num sei ondi lá na direção da fróra i meiorá a curtura dus varginhense prantânu mais mandioca e mio. O Tonho mais novo, num pormeteu nada, o negóço dele era incruzão i discuti os pobrema cum o povo, toda hora eli tava quereno incrui argúem num sei ondi, foi uma gaguera só... O Corujinha qui ganhô as eleição, fico só im cima du tôco cuzóio bem aberto i repetino as prosa du Mauro. Cumpadi Irineu inté comentô: “si dessi jeito eli foi eleito, já imaginô si tivéssi mais traquêjo”. Pois é minha genti, tomára qui nóis num fique cum a abêia zumbindo dentro da cabeça pur quatro anu, né!

Oceis ieu num sei, mai ieu gosto dumas cumida gostosa. Intão, proceis fica babanu, vô dá uma receita das boa aqui da cumadi Cráudia, cuzinhera di mão cheia e prato tamém. Coisa boa di comê é môi di repôi nu ái i ói. Prestenção nus ingerdienti: 5 denti di ái, treis cuié di ói, uma cabes di repôi, uma cuié di mastumati, sar a gosto. Módifazê: casca os ái, pica i soca os ái cum sar, quentá o ói na cassarola, fóga o ái socado no ói bem quentim, pica o repôi bem finim, fogá o repôi nu ói bem quentim cum o ái fôgado, pôe a mastumati i mexi cum a cuié di pau pá faze o môi. É bão servi cum arrôis i meleti di ovo caipira. Adispois é só comê i lambê os beiço i gardece a Deus pela bundância de comida boa. Ôta veiz nóis dá mais receita das boa!

Conta um causo poceis, diz qui o dotô mei qui metido a besta chegô na roça lá em Guapé e foi direto ôia o chiquero ondi o cumpadi Arlindo tava trabaiano. Pá módi tirá uma casquinha cum eli, priguntô: “Como se chama aquele porco velho ali no canto?”. Cumpadi Arlindo arrespondeu: “Aquele ali si chama Ocê”. O Dotô num gosto nadica di nada da resposta, intão priguntô di novo: “ Si aqueli porco si chama ‘Ocê’, aquela outra coisa fedorenta ali deve se chamar a ‘Mãe do Ocê’”. Cumpadi Arlindo qui num é bobo nem nada, arrespodeu di pronto: “ Óia, não sinhô, aquele ali é o ‘pai do Ocê’, a ‘mãe do Ocê’, nóis cumeu antisdionte!”.

Falanu di caipira, Cumpadi Arceu mi contô essi causo qui mi feiz ri inté górinha memo. Prestenção: Diz qui o caipira ali das banda di Careaçu, inteligente dimais dá conta se ofereceu prum imprego numa loja daquelas qui tem di tudo lá num shópi im Belzonti. Fala verdadi era a maió loja du mundo tinha di tudo a danada. Intão o gerente priguntô pro caboquim:

- Você já trabalhou com vendas alguma vez na vida?

- Craro ieu fazia uns negócim lá na roça!!!

O gerente qui gostô do jeito minero de sê do cabocro disse:

- Pode começar amanhã cedo, e no final da tarde venho verificar como você se saiu!

Passado o dia qui parecia num termina mais, o gerente se achegô do caipira pá vê o qui eli tinha produzidu i priguntô:

- Quantas vendas você fez hoje?

- Uma!

- Só uma? A maioria dos meus vendedores faz de 30 a 40 vendas por dia. De quanto foi a venda que você fez?

- Dois mião i mei di rear!

- Como você conseguiu isso?

- Uai, sô. O crienti entrô na loja primero ieu vendi um anzór pequeno, adispois um anzór médio, mais pá frenti um anzór dus grandi. Daí ieu vendi uma linha fina de pescá, uma média e ôta bem grossa, pá pescaria das grande. Priguntei onde ele ia pescá ele mi arrespodeu quia pescá nu mar. Intão ieu falei quieli ia precisá dum barco dusbão, i eli comprô um barco di primera. Aí ieu disse prêle qui um carro pequeno num ia podê puxa o barco, então vendi uma caminhonete daquelas 4 pur 4...

O gerente mei imbasbacadu, sem querê querditá nu qui oviu, priguntô:

- Você vendeu tudo isso para um cliente que veio aqui para comprar um anzol pequeno?

- Uai, não sinhô, eli entrô aqui na verdadi quereno um pacote de módess pá muié deli, aí eu falei: “Já qui o finar di semana do sinhô tá perdido memo, quitar fazê uma baita pescaria!!!

Si oceis gostarô num sei, ieu já tô gostano muito, manda um emeio pá nóis ou prô Yorkuti(sem víru), quieu tô ino cumê uma traira das boa lá no Cumpadi Ernesto, ocê já foi? Inda não? Ô coitadu! Cumpadi Irineu é quem diz: “ Quem ri por úrtimo só pódi sê besta!”. Nóis é bão di filosfia tamém! Larga meu pé narfabeto ambientar! Sô brasileiro, uai! Nóis votô manóis xinga. Quem polui o meiambienti acaba cum a vida da genti. Pópará di poluí, sujão! Òia os musquito da dengui di novo! Bem quieu tô avisano, hein!Tempocabô!

Pódi ôiá u BRÓGUI DU SÁTIRO:

http://www.conexaocaipira.blogspot.com

Psiu: quarqué erro qui oceis notá, num arrepára não!

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
24/11/2017 | Caipira não é jacu
18/07/2012 | Trem Tá Feio
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)