Coluna | Viver Consciente
Willes S. Geaquinto
Psicoterapeuta Holístico, Consultor e Palestrante Motivacional, Escritor - Autor dos livros "Cidadania, O Direito de Ser Feliz” e Autoestima – Afetividade e Transformação Existencial

Interatividade: Os textos desta coluna expressam apenas a opinião do autor sobre os assuntos tratados, caso o leitor discorde de algum ponto ou, até mesmo, queira propor algum tema para futura reflexão, fique a vontade para comentar ou fazer a sua sugestão.

Site: www.viverconsciente.com.br
O aparente e o verdadeiro
26/08/2008
A despeito de toda evolução científica e tecnológica, o homem ainda engatinha no conhecimento de si mesmo. Pouco sabe a respeito da vida em si e do que lhe é possível evoluir em termos que não sejam apenas material ou mundano. Na maior parte do tempo o que lhe norteia o viver está impregnado, sobretudo pelo egoísmo, pela busca incessante da satisfação de seus instintos e daquilo que lhe alimenta a vaidade e o orgulho. Malfazejas são as suas ações em busca de poder e de conquistas ilusórias que apenas lhes servem para insuflar o ego doentio, na falta de algo mais profundo que possa nutrir-lhe a alma.

Valores vigorosos antes respeitados são abandonados como se não tivessem mais valia. Como se não lhes adiantasse cultivá-los diante da desmedida ambição que valoriza muito mais os atalhos que o caminho reto da superação das deficiências e da instauração de posturas benéficas e exemplares, tanto para si como para aqueles que necessitam encontrar maior significado para a existência humana. Comete crasso equívoco todo aquele que distorce o conhecimento e envida esforços apenas para obter poder ou facilidades, ou todo aquele que falseia o verbo para mascarar pretensões e ludibriar aqueles que julgam incautos, pobres e não merecedores de consideração e respeito.

Levar vantagem em tudo tem sido a máxima que ampara as fantasias megalomaníacas dos que acreditam poder transgredir a todas as normas, ferir e explorar a quem quiserem e sair impunes, como se imunes fossem a qualquer regra ou lei. Neste mundo de aparências é até possível que essa ilusão lhes sirva de consolo ou de algum refúgio, mas, posto que, além do aparente vigoram leis mais severas e imanipuláveis e uma justiça que a tudo vê, chegará inevitavelmente o momento em que o preço de suas ações ignominiosas lhes será cobrado.

Portanto, cabe-nos examinar com acurada profundidade cada procedimento e cada postura perante o mundo e as pessoas, para que não tenhamos dúvida sobre o que estamos a semear e, por conseqüência, não venhamos a nos surpreender quando chegar for chegada a hora da colheita. È inequívoco que todo aquele que semeia flores colhe flores, assim como, colhe espinhos aquele que os semeou. Logo, se aspiramos a algo mais elevado em nossa existência, devemos nos libertar de tudo quanto é frágil e aparente para nos aproximarmos do que seja mais real e verdadeiro.

O que nos fará mais feliz não é a idéia que fazemos da felicidade, mas, sim, a conquista gradativa de um estado de bem-estar mais pleno e profundo que consiga apaziguar a nossa alma e avivá-la a todo o momento. Algo como um bálsamo reconfortante cuja eficácia propagar-se-á a cada boa e nova ação realizada em prol de nós mesmos e da humanidade representada pelos que orbitam à nossa volta.

Boa Reflexão para você.

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
18/03/2022 | Homo Homini Lupus
25/01/2022 | Ser mais
10/01/2022 | Não olhe para cima
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Expediente | Privacidade | Entre em Contato | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2021 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)