Notícias | Economia

Valor da cesta básica em Varginha tem alta de 5,11%

Com assessoria | 04/11/2022 - 11:00:15
(Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Neste início de novembro, o Índice da Cesta Básica de Varginha (ICB-UNIS), calculado pelo Departamento de Pesquisa do Grupo Unis e pelo GEESUL, apresentou alta de 5,11% em comparação com o mesmo período de outubro.

Foi a terceira alta consecutiva, provocada especialmente pela elevação nos preços médios do tomate, banana, óleo de soja e carne bovina. Em um ano, entre novembro de 2021 e novembro de 2022, a cesta básica na cidade acumula alta de 16,01%. Considerando apenas o ano de 2022, o aumento atinge 10,08%.
O levantamento dos dados desta pesquisa ocorre através da coleta de preços dos 13 produtos que compõem a cesta básica nacional de alimentos nos principais supermercados da cidade, tendo por fundamento a metodologia adotada pelo DIEESE nas principais capitais do país.
No início deste mês, o valor médio da cesta básica nacional de alimentos para o sustento de uma pessoa adulta na cidade de Varginha é de R$630,44, correspondendo a 56,23% do salário mínimo líquido. O trabalhador da cidade de Varginha que recebe um salário mínimo mensal necessita trabalhar 114 horas e 26 minutos por mês para adquirir essa cesta de produtos.
Ao compararmos os preços de novembro com o mês de outubro, é possível verificar que, dos 13 produtos componentes da cesta básica pesquisada em Varginha, dez tiveram alta nos preços médios: Tomate (49,88%), Banana (5,66%), Óleo de soja (3,40%), Carne bovina (3,08%), Arroz (2,88%), Farinha de trigo (0,61%), Leite integral (0,28%), Batata (0,19%), Café em pó (0,15%) e Manteiga (0,01%). Apenas três produtos tiveram queda no seu preço médio: Feijão carioquinha (-3,82%), Pão francês (-0,32%) e Açúcar refinado (-0,15%).
O resultado apurado neste mês reforça as previsões dos relatórios anteriores de que o comportamento da entressafra, sobretudo dos hortifrutigranjeiros, e da demanda externa são os fatores principais que determinarão a dinâmica dos preços e do índice da cesta básica no curto prazo.
O acumulado das altas dos últimos três meses ultrapassou as quedas ocorridas anteriormente e fez a cesta básica atingir o maior valor neste ano de 2022 na cidade de Varginha. Dessa forma, supõe-se que as políticas econômicas, que permitiram a queda nos preços da energia e dos combustíveis, não trouxeram os impactos esperados nos valores dos alimentos e o próprio Banco Central já admite que a inflação poderá retornar neste final de ano.
Dessa forma, torna-se necessário pensar em novas políticas com foco na melhoria da produção e da disponibilidade interna de bens alimentícios a fim de conter a inflação da cesta básica.
Clique aqui para conferir a pesquisa completa.
 

Siga o Varginha Online no Facebook, Twitter e no Instagram.

Receba gratuitamente nossas notícias no seu celular, escolha o aplicativo de sua preferência:

 
Últimas Notícias
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Página Principal | Expediente | Privacidade | Entre em Contato | Anuncie no Varginha Online
Site associado ao Sindijori

Todos os direitos reservados 2000 - 2023 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)