Notícias | Economia
Varginha é a cidade do Sul de Minas com melhor desempenho no VAF
Da redação | 28/12/2021 - 13:33:40
(Foto: Divulgação)

Varginha foi a cidade do sul de Minas que melhor resultado teve no VAF referente a 2020, ficando à frente de Extrema, Pouso Alegre e Poços de Caldas. De acordo com os dados da Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais, Varginha teve um aumento de 23% em comparação com 2019.

Veja os números das principais cidades da região

Cidades VAF 2019 R$  VAF 2020 R$  Aumento %
Varginha 5.880 bi 7.237 bi 23,07%
Itajubá 1.537 bi 1.884 bi 22,58% 
Pouso Alegre 10.513 bi 11.364 bi 8,09%
Extrema 12.628 bii 3.621 bi 7,87%
Poços de Caldas 5.092 bi 5.472 bi 7,46%
O Valor Adicionado Fiscal – VAF, que é calculado anualmente, é um indicador econômico-contábil utilizado pelo Estado para calcular o índice de participação municipal no repasse de receita do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) aos municípios. 

O VAF dos municípios mineiros é apurado pela SEF/MG, com base na Declaração Anual do Movimento Econômico Fiscal (DAMEF), nas declarações prestadas à Receita Federal do Brasil pelos contribuintes optantes pelo Simples Nacional e nos documentos fiscais emitidos por produtores rurais.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Juliano Cornélio, o resultado demonstra a retomada do crescimento econômico de Varginha de maneira sustentável e com parcerias estratégicas, dentre elas, as entidades representativas, o Governo de Estado, o Porto Seco Sul de Minas, lideranças e a classe empresarial. Criando no munícipio, um ambiente extremamente favorável aos negócios. 

De acordo com a Prefeitura de Varginha, 2021 foi um marco no desenvolvimento econômico da cidade com a inauguração da nova sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, um espaço preparado para receber o empresário, sendo a primeira secretaria de desenvolvimento econômico do país dentro de um hub de inovação.

Outro pronto destacado pela administração, foi a adesão ao programa do governo estadual “Minas Livre para crescer”. Sendo a primeira cidade mineira a assinar o decreto de liberdade econômica, que trabalha a celeridade e desburocratização para abertura de empresas.
Para o prefeito Vérdi Melo, outra ação de grande relevância para o desenvolvimento econômico do município, foi a parceria com o Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas- INDI, agora denominado Invest Minas e a SEDE – Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que coloca Varginha na rota do desenvolvimento.
Outra ação que merece destaque, foi o anúncio feito em setembro da chegada de 12 novas empresas na cidade, por meio da assinatura de cartas de intenções, além da expansão de diversas empresas.
De acordo com João Paulo Braga, CEO na Invest Minas – Agência de Promoção de Investimento de Minas Gerias, a missão do órgão é atrair empresas e investimentos para o estado de Minas Gerais. Segundo ele, para que essa missão possa ser bem sucedida, a parceira e trabalho conjunto com os municípios são fundamentais. Para o CEO da Invest Minas, Varginha tem se destacado tanto pela solidez de seu trabalho junto ao órgão quanto na forma que tem sido ativa na política de atração de investimentos.
João Paulo destaca ainda que, Varginha adota uma plataforma pró negócio e quer desburocratizar a vida do empreendedor. “Estes resultados já podem ser percebidos tanto pela atração de novas empresas e investimentos, como também pelo incremento do VAF no município. Este incremento do VAF é na prática a melhoria dos serviços públicos para a população, pois este recurso volta para a população na forma de melhores serviços públicos de educação, saúde e isto se conecta a política de atração de investimentos. Atrair investimentos é em última instância possibilitar uma melhoria de qualidade de vida da população”, finaliza João Paulo.

Números

Em 2021, Varginha registrou a abertura de 3.327 empresas e o fechamento 1.287. Este número gera um saldo positivo de 2.040 novas empresas, um crescimento de 17,2% em relação a 2020, de acordo com o site oficial do governo. Empresas de pequeno porte e microempresas representam 3.215 empresas deste total.
Já em relação a geração de empregos com carteira assinada, de acordo com os dados do CAGED divulgados na última semana, Varginha registrou 20.582 admissões contra 18.066 demissões, gerando um saldo acumulado de 2.516 novos empregos. O setor que mais gerou empregos foi o de serviços, seguido pelo comércio.
 

Siga o Varginha Online no Facebook, Twitter e no Instagram.

Receba gratuitamente nossas notícias no seu celular, escolha o aplicativo de sua preferência:

 
Últimas Notícias

Comente a Notícia!

Página Principal | Notícias | Entretenimento
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Expediente | Privacidade | Entre em Contato | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2021 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)