Notícias | Geral
2/10/2013 - 11:40:43
Maior região mineradora de MG está ilegal e registra 60 trabalhadores com silicose
Com assessoria
Comissão de Direitos Humanos da ALMG denuncia péssimas condições de trabalho nas mineradoras de Alpinópolis
 
Alpinópolis tem se destacado na extração mineral e se tornou a maior fonte extratora da pedra no estado. Mas com alto custo ambiental e humano.
 
No início do mês de setembro, uma audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia de Minas Gerais (ALMG) discutiu as precárias condições de trabalho nas mineradoras da região de Alpinópolis. O assunto não é novidade na casa e os problemas causados pelas mineradoras foram pauta de fiscalização pela Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) e do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), já em 2009, quando se discutia se as mineradoras estavam ou não invadindo área do Parque Nacional da Serra da Canastra.
 
Agora, a denúncia envolve as condições degradantes de trabalho nessas mineradoras. O presidente da Federação dos Trabalhadores na Indústria Extrativa de Minas Gerais (Ftiemg), José Maria Soares, levou à comissão dados que mostram falta de equipamentos de proteção, condições insalubres de trabalho, transporte precário, vestiários impróprios para uso e poeira excessiva nas mineradoras de Alpinópolis.
 
A situação é confirmada, inclusive, pelo presidente da Associação dos Mineradores de Quartzito do Médio Rio Grande, Jorge de Oliveira Penha, que afirmou durante a audiência pública que a situação acontece nas mineradoras que trabalham à margem da lei. Segundo ele, na região somente oito empresas estão legalizadas.
 
Trabalhadores com silicose
A denúncia apresentada vai ainda mais longe ao citar 60 casos de trabalhadores dessas mineradoras que contraíram a silicose, doença pulmonar causada pela inalação de finas partículas de sílica cristalina. O fato foi apresentado pelo assessor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores da Extração Mineral de Alpinópolis e Região, Paulo César da Fonseca e confirmado pela assessora de Saúde do Trabalhador da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria, Marta Freitas.
 
A assessora também denunciou acidentes de trabalho e desrespeito aos direitos humanos nas mineradoras, sendo algumas legalizadas e outras clandestinas, mantendo trabalhadores nas mesmas situações degradantes de trabalho. Defendeu, também, a necessidade de se fazer um levantamento das condições de trabalho nas mineradoras da região.
 
Comissão encaminha providências
O autor do requerimento e presidente da comissão, deputado Durval Ângelo (PT), destacou que a reunião foi importante para ouvir as denúncias e buscar o caminho para uma solução. Neste sentido, foram aprovados pedidos de providências para diversos órgãos, com o intuito de averiguar a situação dos trabalhadores apresentada na comissão.

 

Já adicionou o WhatsApp do VARGINHA ONLINE? Veja como é fácil

Basta fazer o download gratuito do aplicativo e adicionar o número 35 - 8841-9045. Aí é só enviar uma mensagem com seu nome e sobrenome, bairro e cidade onde mora, e a data de nascimento. Você pode enviar denúncias, informações, fotos, vídeos e áudios.

Siga o Varginha Online no Facebook, Twitter e no RSS.

 

Comente a Notícia!

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Últimas
Ver todas as notícias

PUBLICIDADE
Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)