Coluna | Boca Maldita
Dacio Helene Júnior
Cronista. Sou inconformado com todos os desmandos políticos e odeio profundamente os causadores. Quero que o diabo os tenha em sua infinita desgraça!
Devo votar ou vomitar?
05/04/2006
Há alguns dias atrás assisti a um programa político na TV. Nem me lembro o nome da porcaria. Nojento como todos os demais. Nojento e sem indícios de escrúpulos. Nojento e maldoso. Nojento e burro, afinal tentar inutilmente se valorizar em cima do erro e da incapacidade alheia é uma das características da burrice. Mas nada surpreendente afinal aquele partido é apenas mais um entre os demais cujas ações além de desprezíveis são também perfeitamente dispensáveis.

Costumo me perguntar: - Pra que servem esses caríssimos (R$) senhores que lá estão a nos representar, se cuidam apenas de resolver os problemas por eles próprios criados? Onde estão as soluções para os graves problemas nacionais?

Respondo: Como sempre, dormindo em berço esplêndido! Sono profundo!

Caro leitor, outro dia disseram-me que escrevo frases amargas, sem esperanças, como se as coisas não estivessem caminhando para um nível melhor. Até reconheço que não sou dos mais entusiasmados com a situação, mas entre comentar através de frases amargas e cometer os desmandos que a classe política de forma absoluta tem cometido existe um fantástico abismo, intransponível pelo entendimento da razão, da lógica e da ética. Sou da turma de cá e me orgulho disso!

Eles, os políticos (turma de lá), só se preocupam com eles e com a avaliação pessoal. O resto é secundário como eu, você, o nosso salário, o nosso emprego, a nossa saúde, a nossa segurança, a nossa educação, a nossa aposentadoria, a nossa empresa, etc. Somos apenas detalhes na agenda da fortuna. Detalhes fervorosamente lembrados e enaltecidos por ocasião de cada eleição e de cada nova tributação... Nada mais!

Estive recentemente em contato com cortadores de cana, os chamados bóias frias. Não perdi a oportunidade de realizar uma pequena amostragem do efeito devastador que os escândalos recentes tem ocasionado ao desgoverno Lula. O governo sangra! Já era hora! Gente humilde de poder econômico. Gente humilde de cultura e de instrução básica. Brasileiros que ajudam a produzir açúcar, dólares, álcool hidratado que abastece o seu fléx e álcool anidro que dá superávits a toda poderosa Petrobrás... Aquela mesma que detém o monopólio sem merecimento, mesmo porquê quem tem competência não precisa deter monopólio algum e quem não tem, não merece!

Essa gente votou em massa no candidato Lula e não viu o milagre acontecer. Nem sentiu suas benesses. Continuam curvados com o rosto rente ao solo sob calor de 40 graus sem perspectivas melhores, salvo por reconhecimento do setor que os acolhe e ampara. Setor formado pelos “empresários” tão criticados pelo candidato que hoje tem como preocupação maior justificar o “injustificável”! Não será reeleito, como pensa ou como pensava dias atrás...

Seus fiéis adoradores indiferentes ao rio caudaloso, continuam a remar e certamente cairão na cachoeira abraçados. Remadores descontentes oriundos de outras embarcações estão se atirando na água ou mesmo voltando para as canoas de origem, que se Deus permitir também haverão de cair na cachoeira. Este é o retrato da política brasileira. O mais triste e fiel retrato da nossa situação política!

Enquanto tudo isso acontece, a desgraça dorme em berço esplêndido! Não espere solução da classe política. Ela não virá! Eles não têm nem capacidade, nem interesse em arrumar coisa alguma. Nunca tiveram. Nós empresários e empregados é que fizemos este país. E ainda os carregamos (eles) nas costas o tempo todo. Mas podemos virar o jogo, jogá-los fora. Sabe como? Com o voto! Sabe porque o voto é obrigatório? Para que eles não possam ser jogados onde sempre deveriam ter estado! No lixo!

Anular o voto é legal. É a única maneira inteligente de protesto. As demais são um engodo. Uma armadilha, por isso a obrigatoriedade! Democracia que se preza não obriga a votar! Por que não copiam isso dos Estados Unidos já que adoram se espelhar nos norte americanos? Cidadania também é exercer a sua vontade, seu direito. Deletar lixo é necessário, inteligente, saudável e produtivo!

Cidadania é participação ativa, corajosa e coletiva. Recebo alguns e-mails e telefonemas de pessoas que se sentem representadas pelo que escrevo. São poucos diante do universo dos pagadores de impostos, mas tem o espírito da cidadania pulsante, vivo! Estas pessoas fazem a diferença. Costumam cobrar, tentam sempre fazer valer os direitos e naturalmente agem norteados pela ética e pela moral! Via de regra, são também corajosos!

Fazem parte dos brasileiros que levam este país à frente. Dos que não se dobram diante das dificuldades e nem acham que incompetência pública é problema dos outros...

Rimos sempre dos Argentinos. Pecamos gravemente, afinal são cidadãos capazes de sair às ruas por 10% dos nossos problemas. Não pretendo entender os problemas deles, apenas espelhar na cidadania que os move a conquistas que relegamos às nossas futuras gerações. - Como será a nossa geração futura? Melhor que a nossa? Duvido! - Desde quando filho de peixe é leitãozinho?

Você se lembra da minha crônica intitulada “R$ 71.250,00”. Pois é, não existem mais remunerações nas sessões extraordinárias de Varginha! Foram extintas por unanimidade! Sabe porquê? – Alguns entendem sutis questionamentos, outros apenas pancadas...

Pratique cidadania!

Faz bem para a alma e para o bolso. É um direito seu. Está garantido pela Constituição! Mesmo que você possa pagar, faça por quem não pode e nem sabe que pode reclamar... É simplesmente gratificante e tem um sabor indescritível!

Não é preciso ser político profissional para trabalhar em favor do povo e do país. Basta querer! Você estará tão bem consigo mesmo que passará a olhar os profissionais da política com um enorme desprezo, tamanha a insignificância que passarão a ter para você! Estará abaixo em vaidade e orgulho patológicos, mas em dignidade estará muito acima, afinal você não custará um centavo ao Estado e nem despertará ódio em contribuintes escandalosamente roubados! O reconhecimento estará na alma lavada!

Experimente, orgulhe-se e tenha uma ótima semana!

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
09/11/2007 | Operação Roterdam
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)